terça-feira, 4 de junho de 2013

Festa da grana

Percebi durante os dez dias de festa, algo que foi um absurdo sem tamanho, o preço dos produtos que eram comercializados dentro do Parque.

Água mineral num valor de R$ 6.00, entrevero R$ 20.00 reais o “pratinho”, paçoca R$ 8.00, entre outros alimentos vendidos dentro do parque,  então me pergunto, esta é a festa dos lageanos? Com certeza não é, uma festa aonde antigamente tinha cinco dias de graça e hoje vimos somente dois dias, aonde o lageano é tratado somente com “Pilcha”, e pagaria a meia, ta certo, queremos voltar com o tradicionalismo da festa, ou seja, resgatar aquilo que foi perdido, só que em cima disto foi jogado o dinheiro, pensa comigo, se você está pilchado, você certamente pagaria a meia, certo?  e você é lageano e não gosta de roupas gauchas, você é tratado como? Um turista? Pobre turista vem de fora só para jogar dinheiro fora, aonde não leva uma lembrancinha de “graça” pra casa, enfim, uma festa feita em cima do dinheiro, aonde a grana fala mais alto, desculpe senhor Prefeito, mais esta festa não foi para os lageanos, e sim para o dinheiro.



Na gloriosa Oktoberfest, o cara que ir com roupas alemãs não pagas nada, e outra lá não tem shows Nacionais com preços absurdos de 80, 90 100 e até mesmo 300 mil reais, lá são bandas regionais como nós temos, mas não oferecemos o devido valor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário