terça-feira, 9 de dezembro de 2014

- Câmara aprova Lei de fomento à Economia Solidária



Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver

A segunda-feira, 8 de dezembro, ficará para a história em Lages, para todos aqueles que trabalham e atuam com Economia Solidária. Isso porque depois de quase quatro anos a Câmara de Vereadores aprovou o Projeto de Lei que institui a política de Economia Solidária no município.
Durante a votação, o plenário do Legislativo contou com a participação de representantes dos empreendimentos do setor, e de entidades fomentadoras como Cáritas Diocesana, Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Universidade do Planalto Catarinense (ITCP Uniplac) e Secretaria Municipal de Assistência Social.
O primeiro projeto foi apresentado no ano de 2011 pelos vereadores Ênio Ribeiro (Ênio do Vime) e João Alberto Duarte. No ano passado, o vereador Domingos Rodrigues desarquivou o Projeto de Lei. “Temos certeza de que beneficiará muitas pessoas”, afirma o diretor de Proteção Social Básica da Secretaria de Assistência Social, Luiz Gonzaga Azzi.
O projeto de Lei 100/2013 segue agora para avaliação do prefeito interino Toni Duarte. Com a nova lei, todos os empreendimentos de Economia Solidária poderão se beneficiar com a criação de um fundo municipal, local para venda dos produtos e melhor organização de trabalho dos grupos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário