quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Novas tecnologias garantem abastecimento de água em Lages

“Tivemos o maior investimento com recursos próprios e os avanços superaram as expectativas. Hoje, com certeza temos uma das melhores companhias do Estado.” Elizeu Mattos
O prefeito Elizeu Mattos e o secretário da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa), Benjamin Schultz, convidaram a imprensa para um café da manhã, nesta quarta-feira (27), quando foram apresentadas as melhorias no sistema de monitoramento dos reservatórios e redes de abastecimento de água. Somente em 2013 e 2014 foram investidos cerca de R$21 milhões e mais R$13 milhões em 2015 em todo o sistema, dando maior segurança no abastecimento.
Nos últimos anos houve investimentos na parte operacional, construção de novos reservatórios e principalmente no centro de controle, aumentando a segurança do abastecimento, com monitoramento em tempo real, com operadores trabalhando em revezamento 24h/dia. “Tivemos o maior investimento com recursos próprios e os avanços superaram as expectativas. Hoje, com certeza temos uma das melhores companhias do Estado”, afirma o prefeito Elizeu Mattos.
São 20 reservatórios que abastecem todos os bairros da cidade. A capacidade de reservação de água, que chega a 14 milhões de litros de água, será aumentada para 25 milhões de litros com a construção do novo reservatório entre os bairros Bela Vista e Promorar, que será acionado em fevereiro.
Os engenheiros Rafael Guedes, da empresa lageana Águas do Planalto, que cuida da parte operacional, e Manoel Carlos, da empresa Controle e Situações Tecnológicas, que implantou o centro de controle, explicaram como funciona a sala de monitoramento, que é o coração de todo o sistema. Pontos remotos foram instalados em todas as unidades de reservação e algumas redes de esgoto, com fins de supervisão instantaneamente, em tempo real.

Monitoramento 24h/dia
Através dos painéis instalados nesta sala, é possível verificar a situação dos reservatórios que alimentam o abastecimento da cidade e o nível de água em cada um. “Todos os reservatórios amanhecem com 90% da sua capacidade, mesmo em dias quentes com alto consumo, portanto é impossível haver falta d’agua nos bairros. O que ocorre são problemas pontuais, como vazamentos ou acidentes, que serão prontamente resolvidos”, aponta o engenheiro Rafael Guedes.
Gráficos e cores como o verde, amarelo e o vermelho mostram aos operadores o nível dos reservatórios por hora, se estão na sua normalidade, em estado de alerta ou situação crítica. Com este monitoramento é possível que ações sejam tomadas para o restabelecimento dos reservatórios antes mesmo dos usuários sentirem a falta d’água em suas casas.
Três reservatórios de apoio (nos bairros Morro do Posto, Morro Grande e Penha), podem ser acionados caso tenha necessidade. “Melhorou muito na questão da segurança de que não faltará água para a comunidade. O sistema permite que tenhamos ações imediatas para resolução de problemas, evitando também o desperdício de água”, salienta o secretário Benjamin.

Redes antigas serão substituídas
No sistema usado anteriormente o tempo de comunicação era de até 4 minutos e agora, com o novo sistema, é de apenas 30 segundos, auxiliando na tomada de decisões rápidas e evitando prejuízos. A rede de distribuição possui 750 quilômetros. Uma equipe de campo cuida dos vazamentos pequenos, percorrendo cerca de 70 quilômetros por mês para efetuação da pesquisa. Clientes também passam estas informações via telefone, facilitando o trabalho de manutenção das redes.
Um dos problemas na questão de vazamentos é a rede de distribuição de água na cidade ser muito antiga. Gradualmente estas redes estão sendo substituídas, inicialmente nos bairros, principalmente nas ruas sem calçamento, avançando para as demais vias e área central. Algumas ruas do Centro, como a Via Gastronômica, Fausto de Souza e em breve a Correia Pinto, já foram providenciadas. 

Legenda: Todos os reservatórios amanhecem com 90% da sua capacidade, mesmo com alto consumo, inibindo a falta d’agua nos bairros. (Fotos: Marcio Avila)






Nenhum comentário:

Postar um comentário