sábado, 10 de dezembro de 2016

Encontro na Câmara de Vereadores trata da segurança pública

Lideranças discutem a segurança pública na região

Aconteceu na noite de quinta-feira (8), na Câmara de Vereadores de Lages, uma audiência pública sobre segurança na região serrana.  Proposta pelos legisladores David e Hampel (ambos do PMDB) a reunião se deve à necessidade de esclarecimentos, discussões e a busca de soluções para o problema.

Líderes comunitários inscritos no debate ocuparam o tempo de dois minutos para questionar as autoridades públicas, principalmente a Polícia Militar, representada pelo comandante do 6º Batalhão, tenente-coronel Alfredo Nogueira, sobre a onda de assaltos e roubos que vêm acontecendo na cidade.

Moradores da cidade vizinha de Urupema também participaram relatando a preocupação e o medo dos moradores do interior em relação aos assaltos noturnos. Somente neste mês, 15 residências foram arrombadas.  

Segundo Nogueira, o trabalho da polícia não para e muitas vezes passam despercebidas aos olhos da comunidade, mas dados da Central de Emergência 190 comprovam o esforço. De janeiro até setembro deste ano foram atendidas 256 mil ligações de Lages e região, uma média de 950 acionamentos diários. “Temos o melhor policiamento dos últimos tempos, uma equipe focada em ajudar e a combater o crime”, disse.

Delegado da Polícia Civil, Luiz Ângelo Moreira participou pela quarta vez de discussões sobre segurança na Casa Legislativa e afirma que o principal fator ligado à marginalidade é a falta de educação dada pelos pais ou educandos às crianças. “Precisamos investir em educação, educar cedo para se tornarem cidadãos de bem, não adianta depois que cometem o crime e chegam a delegacia”, comenta.  Ele disse ainda que os trabalhos da Civil e Militar andam juntos, por isso grandes operações estão sendo realizadas, como a da última semana quando desmantelaram uma quadrilha pronta para assaltar uma agência bancária na cidade.

Os vereadores Hampel e David se manifestaram no sentido de que a segurança pública não envolve somente as polícias, mas cada um deve fazer a sua parte, se prevenindo, observando os locais que frequenta, os horários, manter casa e carros sempre fechados sem deixar algo em vista a mercê dos olhos alheios.

Também estiveram presentes o tenente Luiz Carlos Tomas da Silva, do 1º Batalhão Ferroviário; o tenente-coronel Edson Tadeu Steinck de Souza, comandante do 5º Batalhão de Bombeiro Militar; o delegado substituto da Polícia Federal, Carlos Sandres; o coordenador do Movimento Vem pra Rua, Luiz Aurélio Paes; e o diretor do presídio regional de Lages, Mario Machado da Rosa.


Orçamento de 2017 recebeu 38 emendas no Legislativo Lageano

Em atendimento ao que determina o artigo 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/2000), a Câmara de Vereadores de Lages promoveu no dia 7 de dezembro uma audiência pública para apresentação e discussão da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2017, estabelecida através do projeto de lei 068/16. O próximo passo é a aprovação do Orçamento, que deve acontecer na semana que vem.

Participaram da mesa de trabalhos da reunião os vereadores João Chagas (PSC), que presidiu a sessão, e Gerson dos Santos (PSD), o diretor-geral do Poder Legislativo, Marcos Folador, e o controlador interno da Casa, Cleino Arruda de Souza.

Na sessão deliberativa do dia 6, o Poder Legislativo municipal já havia aprovado 38 emendas aditivas ao Orçamento que foram apresentadas pelos vereadores. Estas matérias podem ser acessadas através do endereço:


Nenhum comentário:

Postar um comentário