quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

PSDB catarinense vai disputar o governo em 2018

Aécio Neves confirma projeto próprio do PSDB catarinense em 2018
Senador e presidente nacional dos tucanos, Aécio Neves participou de encontro em Florianópolis
O senador da República e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves afirmou que Santa Catarina conquistou o direito de ter candidato próprio ao governo do Estado em 2018.
Em um almoço, nesta quinta-feira (22/12), em Florianópolis, na casa de praia do deputado estadual e presidente estadual do PSDB Marcos Vieira, Aécio Neves se reuniu com as lideranças do PSDB do Estado e reforçou que o projeto, defendido por Marcos Vieira, ganha cada vez mais força. “O projeto regional, assim como São Paulo, Minas Gerais, Paraná e tantos outros têm, Santa Catarina também terá o seu próprio projeto”, defendeu Aécio.
A organização tucana em Santa Catarina também foi motivo de referência do senador. “Esta estruturação é um exemplo para todo o País, e também a união em torno de um projeto, cada vez mais forte”, completou Aécio.
Conforme o deputado e presidente Estadual Marcos Vieira, as palavras de Aécio Neves coroam um trabalho desenvolvido com quatro grandes pilares. “Os três primeiros foram concluídos, que foram: aumentar o número de filiados, (para 105 mil), aumentar o número de prefeitos, vices e vereadores eleitos, e tornar o PSDB a terceira maior força política do Estado, fato concretizado. Agora, nosso quarto desafio é vencer a eleição para o Governo do Estado em 2018 e este apoio nacional é fundamental para que esse objetivo seja superado”, defende Marcos Vieira.
Entre pratos de tainha, preparados pelo próprio deputado Marcos Vieira, Aécio ainda manifestou sua vontade em reconduzir o senador Paulo Bauer em mais um mandato frente à liderança da bancada no Senado Federal e agradeceu o apoio que recebeu para a prorrogação do próprio mandato como presidente nacional tucano em até um ano, o que também prorrogou, pelo mesmo período, o mandato do deputado Marcos Vieira frente ao PSDB no Estado.  
Sobre a questão nacional, Aécio explica que o país enfrenta uma crise institucional e econômica, mas com o apoio da sociedade “saíremos desta fase muito mas fortes”, diz Aécio, que emenda. “O PSDB tem dado todo o apoio para a governabilidade e está apto e tem quadros muito qualificados para disputar e vencer as eleições à presidência da República, mas este momento é do união para salvar o Brasil”, definiu o presidente nacional tucano.
Participaram do encontro o Senador Paulo Bauer, os deputados federais Marco Tebaldi e Geovânia de Sá, além do presidente e deputado Marcos Vieira, os deputados estaduais Serafim Venzon, Vicente Caropreso, Leonel Pavan e Mário Marcondes, o ex-deputado Dóia Guglielmi, o prefeito de Blumenau Napoleão Bernardes, os prefeitos eleitos, de Criciúma, Clésio Salvaro, de Caçador, Saulo Sperotto, de Rio do Sul, José Thomé e o vice-prefeito de Florianópolis João Batista Nunes. O senador Dalírio Beber não compareceu, pois está em viagem ao exterior.


Nenhum comentário:

Postar um comentário