quarta-feira, 3 de maio de 2017

A pedido de Carmen Zanotto, comissão vai debater atendimento de bebês com microcefalia


Audiência para discutir o acompanhamento da saúde dos bebês que nasceram com microcefalia, provocada pelo zika vírus. Foi com esse objetivo que a deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) apresentou requerimento à Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados para debater a questão com especialistas e representantes do governo.  O pedido da parlamentar foi aprovado na semana passada pelo colegiado.

Desde o início da crise em 2016, foram registrados 2.205 casos de bebês afetados pela doença, de um total de mais de dez mil notificações que não se confirmaram.

Segundo a parlamentar, as famílias estão enfrentando dificuldade para iniciar ou para continuar o tratamento da síndrome congênita, de acordo com o relatório divulgado pelo Ministério da Saúde. O levantamento é baseado na Estratégia de Ação Rápida para o Fortalecimento da Atenção à Saúde e Proteção Social das Crianças com Microcefalia.

“Quase metade das crianças está sem tratamento adequado. Por isso é importante que esse problema seja debatido com as famílias e especialistas. São 44,1 % de bebês sem atendimento nos serviços essenciais para o desenvolvimento como terapias”, alertou a parlamentar.

De acordo com a deputada, os estímulos profissionais durante as primeiras fases da vida é importante para o desenvolvimento das crianças.  “Ações simples para a maioria dos bebês, como segurar a mamadeira e brinquedos, sustentar o pescoço e interagir com outras pessoas, por exemplo, não acontecem naturalmente para quem nasceu com microcefalia”, acrescentou Carmen Zanotto.


Convidados

Foram convidados para o debate representantes do Ministério da Saúde; do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde); presidente da União de Mães de Anjos (UMA), Germana Soares; e a neuropediatra da AACD (Associação de Apoio à Criança Deficiente), Vanessa van der Linden.



Mais informações:

Gabinete Carmen Zanotto

Silviane Mannrich
(49) 3223-6018 – (49) 99916-5436 Lages


Nenhum comentário:

Postar um comentário