quarta-feira, 31 de maio de 2017

Defesa Civil emite relatório. Quarta-feira (31) 9 horas

Nível do rio Carahá continua subindo e a chuva não dá trégua
- 132 atendimentos até agora (são deslizamentos, destelhamentos, quedas de árvores, muros, buracos em vias, alagamentos, pessoas ilhadas, etc.)
32 alagamentos (resgate a ilhados)
08 deslizamentos de terra
90 diversos (sinalização de vias e quedas de árvores principalmente)
OBS: Visto da necessidade de ativação de abrigos foram habilitados locais nos bairros Habitação, Caça e Tiro e Universitário. Todas as pessoas estão recebendo assistência médica, alimentícia, além de acompanhamento de assistentes sociais.
 
Abrigo Habitação (Associação de Moradores)
31 abrigados
Caça e Tiro (Associação de Moradores)
01 abrigado
Universitário (Associação de Moradores)
02 abrigados
Monitoramento:
Rio Carahá – 5.11 metros acima do nível e segue subindo
Precipitação: nas últimas 24 horas: 61.6 mm
Total de bairros atendidos: 45 e três localidades do interior
Total estimado de afetados: 660 pessoas
 
OBS: Por enquanto a situação só não é mais grave porque a água do Carahá, ainda tem um pequeno escoamento. Mas já está praticamente paralisada pelo represamento do Rio Caveiras. A preocupação, segundo a Defesa Civil, é daqui para frente, e quando a chuva parar. Este será o momento em que o rio Carahá deverá subir bastante.
Fotos: Greik Pacheco



Nenhum comentário:

Postar um comentário