quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CARMEM ZANOTTO


Crianças recebem brinquedos de presente

O papai-noel ainda não chegou, mas muitas crianças já foram presenteadas durante uma festa na sede do Pinheirinho
A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação coordenou, na manhã desta quinta-feira (30 de novembro) o trabalho de doação de três mil brinquedos feito por um metalúrgico aposentado para crianças de Lages. A doação ocorreu na sede social Pinheirinho, no bairro São Paulo.
A diretora de Proteção Social Básica, da Secretaria da Assistência Social, Neuzete Schmidt Henrique, disse que para esta ação houve a necessidade de engajamento de equipes de servidores dos Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) e da própria secretaria. “Além dos três mil brinquedos elas receberam lanche. São crianças dos abrigos municipais, de algumas creches, e muitas delas oriundas de famílias cadastradas pelos CRAS, nos bairros de Lages”, fala Neuzete.
O benfeitor, Luiz Carlos da Costa, também conhecido por Luizão, reside na cidade de Timbó (SC) e foi ele mesmo que entrou em contato com o secretário da Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, propondo que a prefeitura de Lages fosse parceira nesta ação, a qual ele promove todos os anos, desde 1991, sempre em uma cidade diferente.
Luizão de 76 anos de idade, casado, pai de cinco filhos, fabrica os próprios brinquedos que doa para as crianças, no período pré-natalino. Ele conta que faz isso porque veio de uma família muito pobre, tendo sido adotado por um casal, quando tinha apenas cinco anos de idade. “Sei muito bem o que é a alegria de uma criança quando ela recebe um brinquedo de presente. A ideia desta doação eu tive durante uma pescaria com um grupo de amigos. Disse a eles, então, que gostaria de fazer algo importante e pouco comum, e cheguei à conclusão de que ajudar as crianças seria muito gratificante para mim”, falou.

Luizão conta que fabrica cerca de cinco mil brinquedos por ano. “Tenho uma pequena marcenaria e conto com a ajuda de apenas um adolescente. Recebo doação de madeira, de empresários, e o restante do material necessário para a confecção dos brinquedos eu mesmo me encarrego de comprar”, disse.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Vereadores são eleitos os mais atuantes de Lages

Em uma enquete de opinião pública realizada pelo Instituto Tiradentes, os vereadores Lucas Neves (PP), Aida Hoffer (PSD) e Jair Junior (PSD) foram eleitos os três legisladores municipais mais atuantes de Lages. Foram 120 menções ao nome de Lucas, 114 pela Aida e 106 para Jair.
Lucas Neves, inclusive, recebeu no dia 24 de novembro a Medalha Alferes Tiradentes – Colar de Ouro em uma sessão solene que encerrou um seminário político promovido pelo Instituto Tiradentes e que aconteceu em Florianópolis.

A apuração, feita por amostragem via ligações telefônicas, aconteceu entre os dias 27 de setembro e 9 de outubro de 2017. Através do sistema Sentio são realizadas enquetes por telefone, onde é elaborada uma pergunta com os nomes dos vereadores do município, no qual o cidadão escolhe o parlamentar mais atuante.

Dezembro Laranja chama a atenção para o Câncer de Pele

Uma pinta que mude de formato ou apresente alterações como sangramento, coceira ou feridas, pode ser um alerta do corpo de que algo está errado. Observar esses sinais e buscar uma avaliação médica o quanto antes é fundamental para tratar um câncer de pele. Com um diagnóstico precoce, as chances de cura aumentam. O alerta é da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que durante o mês de dezembro irá realizar a Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele/Dezembro Laranja.
A primeira ação da campanha será no próximo sábado (2 de dezembro), quando acontece o Mutirão Nacional de Exame Preventivo Gratuito. Em Lages, a ação começa às 8h15, na Policlínica Municipal, com a distribuição de 100 senhas para atendimento, por ordem de chegada. Os atendimentos serão realizados pela dermatologista e coordenadora local da campanha, Rafaella Daboit Castagna, e pela médica Rubia Battisti Vequi Martins, da Clínica Laderme, com participação dos alunos da Liga de Dermatologia da Uniplac.
Os pacientes serão examinados individualmente e, se identificadas lesões suspeitas de neoplasia maligna da pele, eles serão encaminhados para o Ambulatório de Pequenas Cirurgias/Cirurgia Dermatológica (no prédio do Pronto-Atendimento Tito Bianchini), para o agendamento de biópsia excisional ou incisional. “Nos casos submetidos à biópsia incisional, após confirmação diagnóstica de neoplasia maligna, os pacientes serão encaminhados à Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia de Lages - Unacon”, explica a a dermatologista Rafaela Castagna.
Serviço:
O que: Mutirão Nacional de Exame Preventivo ao Câncer de Pele
Quando: 2 de dezembro, às 8h15
Onde: Policlínica Municipal de Lages
Como participar: serão distribuídas 100 senhas de atendimento por ordem de chegada


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Dezembro Vermelho: mês da luta contra a Aids

Ação promovida pela Secretaria de Saúde irá oferecer diversos serviços à comunidade

No dia 1º de dezembro, data que marca a luta mundial contra a Aids, a Vigilância Epidemiológica de Lages irá promover uma série de ações para a conscientização sobre os riscos desta e outras doenças sexualmente transmissíveis. As atividades ocorrerão em frente à Vigilância Epidemiológica (ao lado do Pronto-Atendimento) a partir das 8h30.

A programação inclui diversos serviços para a comunidade, como atividades físicas, verificação de pressão arterial e glicemia, testagem rápida para HIV, sífilis, hepatites B e C, e orientações sobre Aids e tabagismo. Também serão oferecidos serviços de limpeza de pele, maquiagem artística, feira de adoção de animais e exposição de artesanato.

A ação é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, através do Programa IST/AIDS e Hepatites Virais, que visa informar sobre sintomas, perigos, formas de contágio e prevenção do vírus HIV e também combater o preconceito contra portadores da doença.

“O Dezembro Vermelho é uma campanha criada muito recentemente, e nós abraçamos essa causa afim de proporcionar uma melhor qualidade de vida à população. Esperamos que essa mobilização conscientize muitas pessoas, sejam elas portadoras do HIV ou não”, destaca a gerente da Vigilância Epidemiológica de Lages, Sumaya Pucci. 

Programação das atividades:

8h30 - Abertura
10h - Atividade Física Ritmada
10h30 - Alongamento e fortalecimento
12h - Atividades nos estandes
15h - Atividade Física Ritmada
15h30 - Alongamento e fortalecimento
16h - Encerramento

Corrida City Run fecha comemorações do aniversário de Lages com lições de vida

Atletas tiveram sorte e competiram com Sol neste domingo

O esporte configurou como uma das melhores formas de se comemorar o aniversário de 251 anos de Lages e estreitar os vínculos com a comunidade, ainda mais depois do “show” de receptividade e torcida na 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A 1ª Corrida Rústica City Run, promovida na manhã deste domingo (26 de novembro), teve largada e chegada na rua Getúlio Vargas, bairro Conta Dinheiro, e contou com tempo bom para celebrar Lages. Embora a divulgação tenha sido feita em apenas duas semanas, a adesão foi de 130 atletas de Lages, São Joaquim, Urupema, Capão Alto e de Antonio Prado (RS). Foram entregues troféus aos três melhores no geral e por faixa etária, e medalhas até o 5º lugar por categoria e de participação a todos que concluíram a prova.
Os atletas participaram nos circuitos de cinco e dez quilômetros, nas categorias solo masculino e feminino por faixa etária. Na categoria adulto, 16 a 19 anos; 20 a 29 anos; 30 a 39 anos; 40 a 49 anos; 50 a 59 anos, e 60 ou mais.  Na infantil, com um quilômetro, houve as faixas 10 a 12 anos e de 13 a 15 anos. Aos corredores foram oferecidos kits com número de peito e chip de cronometragem e frutas, além de dois pontos de hidratação.  
Nos cinco quilômetros, o caminho começou na rua Jairo Luiz Ramos, seguindo-se pela rua Getúlio Vargas, avenidas Luís de Camões, Presidente Vargas, Belizário Ramos (Carahá) e Duque de Caxias, chegando à rua Jairo. Nos dez quilômetros, o trajeto percorrido começou na Jairo, passando-se pela rua Getúlio Vargas, avenidas Luís de Camões e 1º de Maio, rua Archilau Batista do Amaral e avenidas Brasil, Dom Pedro II, Belizário Ramos (Carahá), Duque e rua Jairo Luiz Ramos.
O evento foi organizado pela Associação Catarinense em Prol do Esporte e Cultura (Ascpe), com apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo e da Fundação Municipal de Esportes (FME). A segunda edição, a ser transformada em meia-maratona com circuitos de cinco, dez e 21 quilômetros, será em 25 de novembro de 2018. O executivo de Turismo, Luís Carlos Pinheiro, pontua que, “tivemos a semana toda de comemorações com inauguração de obras, Megabanda, Festival de Fanfarras e Corrida, para que não passasse em branco uma data tão histórica. Foi incrível.” O organizador do evento, André Alcântara, salientou que, “sinalização e segurança foram elogiados. Cumprimos nossa meta. Trabalhamos muito para fazer uma corrida prazerosa, e que cada um conseguisse vencer seus desafios pessoais, promovendo saúde e bem estar.” Mais informações no site http://www.riscozeroadventure.com.br/
Adalmir Mezin, 39 anos, corre há dois, veio de Antonio Prado e foi campeão nos dez quilômetros. Fez 34’44. Esta foi sua estreia fora do Rio Grande do Sul. “Viemos eu e minha namorada Elisângela, que também correu. O trajeto foi muito bom, plano e muito bem sinalizado.”

O vovô que “dá banho” de jovialidade

Há quem fique com vergonha perto do lageano de 70 anos, Élio Tadeu dos Santos, morador do bairro Frei Rogério, aposentado da Polícia Rodoviária Federal (PRF), pois dá lição de vida para os mais novos. Foi 1º nos cinco quilômetros na categoria 60 anos e acima. Atleta há mais de 50 anos, craque nos 100 e 200 metros e participante de Jogos Abertos, cumpriu o trajeto em 31’21. Cansou de completar esta mesma prova em 18 minutos. No dia 10 de novembro esteve em Jurerê (Florianópolis), cravando 30 minutos. “É uma satisfação fazer parte desta celebração dos 251 anos da nossa Lages. Sinto orgulho por ter acompanhado a ascensão da cidade nos últimos 50 anos”. Sobre saúde, Élio diz que é crucial perseverar. “Minha família toda treina. Infelizmente já vi colegas da minha idade que se aposentaram e já se foram. O esporte dá vida longa”, diz ele, que corre dez quilômetros aos domingos e treina no estádio municipal duas vezes por semana.

Lageano de coração

Ivan Amorim é personal trainer do estúdio de treinamento funcional Doctor Fit, que mandou oito competidores para a Corrida. Foi 3º na de 30 a 39 anos. “Nós temos um projeto de assessoria de corrida e treinamos aos sábados. Hoje foi uma prova para interagir, ver o desempenho e promover qualidade de vida e o envelhecimento saudável.” Paulista, Ivan está em Lages há 1,5 ano e é ex-atleta do Internacional de Lages. “Fui profissional de futebol por 15 anos. Em Lages fui bem acolhido, sou muito feliz aqui, onde tenho muitos amigos.”

Vencedores:

CATEGORIA
COLOCAÇÃO
NOME

Cinco quilômetros masculino 40 a 49 anos
1º e CAMPEÃO GERAL
Sander Leal

Edilson Bianchini

Nilson Madruga da Silva
Cinco quilômetros feminino 50 a 59 anos

Eliane Ribeiro Mota

Cinco quilômetros masculino 50 a 59 anos

Júlio Cézar da Silva

Sérgio Dalmina

Anilton Tadeu Amaral
Cinco quilômetros feminino 60 anos e acima

Maria Nazária
Cinco quilômetros masculino 60 anos e acima

Élio Tadeu dos Santos
Cinco quilômetros masculino 16 a 19 anos

João Vítor M.

Dener Cabral

Cinco quilômetros feminino 20 a 29 anos

Jéssika Michelle Steinck da Silva

Lucilene Escaini Oliveira

Ana Cláudia Mota

Cinco quilômetros masculino 20 a 29 anos

Marlon Córdova

Leonardo Cunha

Vinícius Rosa Bianchini

Cinco quilômetros feminino 30 a 39 anos
1º e CAMPEÃ GERAL
Elaine Oliveira Borges

Taiane dos Santos Antunes

Susiane de Sousa

Cinco quilômetros masculino 30 a 39 anos
1º e 2º NO GERAL
Fernando dos Santos
2º e 3º NO GERAL
Daniel Malinoski da Silva

Saulo Roberto Nunes Oliveira

Cinco quilômetros feminino 40 a 49 anos
1º e 2º NO GERAL
Scheila Cavalheiro Amaral
2º e 3º NO GERAL
Sandra Mellim Zardo

Denise Leal
Dez quilômetros feminino 20 a 29 anos
1º e 2º NO GERAL
Elisângela Pedroso

Dez quilômetros masculino 20 a 29 anos


Dionatan Willian Martins


Patrick Daniel de Jesus Silva



Dez quilômetros feminino 30 a 39 anos

1º e CAMPEÃ GERAL
Franciele Vingla Steinck
2º e 3º NO GERAL
Lucélia Pereira Cabral

Dez quilômetros masculino 30 a 39 anos
1º e 2º NO GERAL
Filipe Lopes Godoy
2º e 3º NO GERAL
Robson Rodrigues Pereira

Ivan Leôncio Amorim

Dez quilômetros masculino 40 a 49 anos
1º e CAMPEÃO GERAL
Adalmir Alexandre de Oliveira

José Edualdo Madruga

Fernandes Vilanez
Dez quilômetros masculino 50 a 59

Inácio Marçal dos Santos Filho

Adauto Ilhéu

Wilson José Haas
Dez quilômetros masculino 60 anos e acima

Paulo Henrique Sagaz


Aos olhos de quem vive no município polo da Serra ou daqueles que visitam a cidade, Lages está muito mais bonita e aconchegante

As rótulas de trânsito e os canteiros centrais de avenidas e praças estão floridos, apresentando colorido especial. O trabalho de plantio e cultivo destes canteiros de flores é de incumbência da prefeitura, através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente.
Segundo o secretário Euclides Mecabô, todas as flores plantadas nas áreas urbanas são produzidas no Horto Municipal, localizado no bairro Várzea, onde equipes de jardinagem se revezam nos trabalhos de cultivo de variadas espécies e de replantio nos canteiros em locais públicos. “A determinação é do prefeito Antonio Ceron, e a meta a ser atingida é da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, qual seja, transformar Lages em uma cidade mais limpa, arborizada e florida”, frisa o secretário.

Arborização


Além de flores, têm árvores também, sendo que somente neste ano de 2017 cerca de quatro mil mudas, a maior parte delas de espécies nativas da Serra Catarinense, foram plantadas em variados locais da cidade. “Estas a prefeitura tem recebido de doações de órgãos públicos e empresas, neste caso por meio de compensação ambiental. Isto porque quando é necessário o corte de uma árvore nativa, inúmeras outras devem (por força de lei) serem plantadas”, explica Mecabô.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Diretran apresenta devolutiva das ações educacionais sobre o trânsito

“Mesmo em tempos difíceis existem coisas boas acontecendo. Nossas escolas estão de parabéns. O caminho da transformação é marcado por atitudes positivas. Por isso precisamos começar com as nossas crianças.” - Valdirene Vieira   

Na manhã desta quinta-feira (23 de novembro) aconteceu, na Secretaria Municipal de Educação, o processo de devolutiva das ações educacionais desenvolvidas pela Diretoria de Trânsito (Diretran) no decorrer deste ano. O evento reuniu alunos, professores, diretores, agentes de trânsito e gestores da Educação de Lages.
Os alunos da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Professora Belizária Rodrigues apresentaram uma paródia sobre o assunto, utilizando um instrumento típico da região, a gaita-ponto. Por sua vez, através do empenho e diálogo, sob coordenação da professora regente da Emeb Frei Bernardino, Lúcia Goss, os alunos do quarto ano preparam um teatro em alusão ao comportamento adequado no trânsito, como por exemplo, travessia na faixa de pedestre e respeito no semáforo. 
Com o slogan “Educação é o instrumento capaz de formar cidadãos mais conscientes, defensivos e preparados para enfrentar a vida e o trânsito”, o Núcleo de Educação de Trânsito da Diretran envolveu cerca de 9.700 pessoas, entre elas empresários, crianças e adultos, das instituições públicas e privadas. Segundo a secretária de Educação, Valdirene Vieira, “mesmo em tempos difíceis existem coisas boas acontecendo. Nossas escolas estão de parabéns. O caminho da transformação é marcado por atitudes positivas. Por isso precisamos começar com as nossas crianças.”
Este ano foram ministradas 304 palestras. Como forma de orientação sobre as regras de trânsito, alunos elaboraram maquetes e cartazes. Também foram montadas 127 pistas provisórias nas escolas, onde as crianças simularam, de quadriciclo, as situações enfrentadas pelos condutores no dia a dia. Segundo o diretor executivo da Diretran, Jacinto Bet, as transformações na sociedade ocorrem através da educação, seja curricular ou comportamental. “Por isso, a partir deste ano, conforme as determinações de lei, foram inseridos na base curricular das escolas de Lages, como disciplina transversal, conteúdos sobre educação no trânsito”, destaca

Inter presta contas à imprensa e à torcida

A diretoria do Internacional de Lages fará neste sábado um amplo debate sobre o clube. De manhã, às 9h, o encontro será com os profissionais de imprensa. A entrevista coletiva será na sede da Associação dos Aposentados (perto da Acil).
À tarde, às 14h, o encontro será com os torcedores. Toda a diretoria estará à disposição de qualquer pessoa que queira perguntar qualquer coisa sobre o clube. Este é um sábado para marcar uma guinada positiva na vida do Inter. Esperamos, muito, que vocês compareçam. Toda dúvida será esclarecida, todo boato será colocado em pratos limpos. As perguntas e críticas da imprensa serão fundamentais para esse trabalho.
COLETIVA COM TODA A DIRETORIA DO INTER
Onde: Associação de Aposentados (Av. Belisário Ramos, próxima da Acil)
Quando: sábado (25/11)
Horário: 9h


DIRETORIA DO INTER PRESTA CONTAS À TORCIDA

Onde: auditório da Câmara de Vereadores
Quando: sábado (25/11)

Horário: 14h

Carmen quer que aviões confiscados do tráfico e da corrupção sejam usados no transporte de órgãos

A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) anunciou, nesta
quinta-feira (23), que apresentará projeto de lei determinando que
aviões do tráfico de drogas e da corrupção que forem confiscados pela
Justiça sejam utilizados no transporte de órgãos para transplantes.

O anúncio foi feito em seminário na Câmara dos Deputados que debateu
falhas e avanços do “Sistema Nacional de Transplantes” com
especialistas, representantes do Ministério da Saúde e entidades de
apoio aos transplantados.

“Precisamos garantir a captação e o traslado de órgãos sejam  feitos
em menor tempo possível. Isso é vital para que o transplante seja
realizado com sucesso. O Brasil é um país continental e muitas vezes
o órgão tem de ser transportado de uma região para outra. O governo já
disponibilizou uma aeronave da FAB, mas ainda não é suficiente. Daí a
nossa ideia de apresentarmos esse projeto para que esses aviões sejam
colocadas à disposição dessa causa tão nobre”,argumentou Zanotto.

De acordo com Ronaldo Honorato, assistente da coordenação de equipe de
Transplante Cardíaco dos Adultos do Incor (Instituto do Coração), a
aquisição dos jatinhos é “o sonho de consumo” dos médicos que atuam na
área de transplante. Segundo ele, para que uma operação dessa natureza
seja realizada com sucesso, é preciso que captação do órgão se dê em
menor tempo possível. “A captação, o transporte e a operação têm de
ser feitos em, no máximo, quatro horas. Se isso não acontecer, é pura
frustração”, contou.

Transplantados

O debate do seminário também girou em torno da falta de
imunossupressores na rede de saúde pública. Esses medicamentos usados
para evitar a rejeição do órgão transplantado. O sistema imunológico
reconhece, defende e protege o organismo contra infecções, e rejeita
tudo o que é estranho.

“Esses medicamentos são vitais para os transplantados. Por isso,
achamos que a logística de distribuição desses remédios tem de ser
aprimorada pelo Ministério da Saúde. É preciso que tudo seja feito com
mais eficiência para que os imunossupressores sejam distribuídos em
todas as regiões”, defendeu Carmen Zanotto.



quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Prefeito Ceron recebe medalha Bandeirante Correia Pinto

A homenagem foi realizada pela Câmara de Vereadores para marcar os 251 de fundação do município
No dia do aniversário de Lages, o prefeito Antonio Ceron foi um dos homenageados da sessão solene da Câmara de Vereadores. Juntamente com o governador Raimundo Colombo e a  atleta Maycon, Ceron recebeu a Comenda Bandeirante Correia Pinto. O mérito, instituído através da Lei 177/1971, é a mais importante condecoração do município.
“Divido essa homenagem com todos os ex-prefeitos que já administraram Lages ao longo destes 251 anos de fundação da cidade”, apontou Ceron em sua fala, destacando ainda o privilégio e a responsabilidade de governar a maior cidade da Serra Catarinense. “Os problemas existem, mas não podemos perder a esperança de fazer o melhor na busca por justiça social e promoção de oportunidades”, reiterou.
A homenagem que aconteceu no anfiteatro da Escola Godofim Nunes de Souza, no bairro da Penha, contou com a presença de inúmeras autoridades e convidados. Entre eles, as crianças que integram o Coral da Escola de Artes e do projeto Lages Melhor, cantaram o Hino Nacional Brasileiro. Destaque também para o estudante Lucas Eduardo da Luz, da Escola Mutirão, que interpretou o Hino de Lages.
Durante a sessão, a vereadora e presidente do legislativo, Aida Hoffer, entregou ao prefeito o cheque no valor de R$ 1,870 milhão, referente ao montante economizado pela Câmara de Vereadores em 2017. Juntamente com o cheque, ela apresentou uma relação de pedidos para que sejam utilizados os recursos, como na compra de camisetas do uniforme escolar da rede municipal; dois ônibus para o transporte de estudantes; construção de dez casas destruídas por incêndio; realização de cirurgias de adenoide em crianças; compra de kits esportivos para esportes de base e ampliação e reforma de unidades escolares.
 Estado viabiliza implantação da Rede de Fibra Ótica em Lages

Ainda durante a homenagem do aniversário dos 251 anos do Município, o governador Raimundo Colombo, através do Centro de Informática do Estado (Ciasc), assinou a ordem de serviço no valor de R$ 2,6 milhões, para implantação da rede de fibra ótica em Lages. Serão executados 110 km de rede, para atender e conectar 81 pontos em escolas municipais, estaduais e demais órgãos públicos da cidade.

Preços praticados por estabelecimentos no interior do terminal rodoviário são questionados


No pedido de informação 159/2017, apresentado na segunda-feira (20), os vereadores Osni Freitas (PDT) e Ivanildo Pereira (PR) indaga à Prefeitura sobre de quem é a responsabilidade pela fiscalização dos estabelecimentos comerciais no interior do Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera. 
Na matéria, os parlamentares justificam que esse é um pedido da comunidade que reclama dos elevados preços praticados pelos comerciantes instalados no local.  Aprovado em plenário, o documento será encaminhado ao prefeito Antonio Ceron (PSD), que terá até 30 dias para esclarecer as dúvidas manifestadas. As perguntas são as seguintes:


  1. Qual a área interna do referido terminal disponível para o comércio de gêneros alimentícios?
  2. De quem é a responsabilidade pela gerência e disponibilização de tais espaços?
  3. Como é feita a entrega dos espaços para aqueles de interesse em abrir um negócio no local?
  4. Qual o custo para aqueles que já possuem seus estabelecimentos? De que forma é feita o pagamento? A quem é pago?
  5. Em relação os preços praticados, o Poder Público tem algum controle ou conhecimento?
  6. Solicita prestações de conta e contratos (se houver) de todos os espaços públicos que integram o terminal rodoviário disponibilizado a empresas privadas. Bem como relações de todos os espaços disponíveis e ocupados.

Professor Leonardo Secchi

AS OPÇÕES PARA O BRASIL EM 2018

Se há uma coisa que é mais ou menos consenso, entre os que analisam a atual política brasileira, é que as eleições presidenciais do próximo ano serão um divisor de águas para a história política do Brasil. E não é apenas retórica. Nas próximas eleições, estarão em jogo visões diametralmente opostas de país, e o eleitor será chamado a escolher qual será o caminho político que todos nós deveremos trilhar, possivelmente pelas próximas quatro ou cinco décadas!
Pelos números que as pesquisas mais recentes nos apresentam, o brasileiro parece tentado a experimentar algo novo, mas este novo ainda está muito difícil de definir, por outro lado o velho modelo político teima em se manter vivo, a despeito de estar apodrecido e em evidente estado terminal.
A velha dicotomia esquerda-direita ainda persiste, mas sofre de um anacronismo agônico. Em meio a escândalos que levam os principais nomes de partidos antagônicos como PT e do PSDB ao descrédito, não existe, até o momento, uma proposta política que consiga dar conta de uma nova realidade que atropela conceitos, ideologias e formulações teóricas. A realidade se impõe no desemprego e na desconfiança das instituições, porém a resposta mais comum dos representantes é o apego ao próprio foro privilegiado, ou seja, uma total desconexão com a população e suas necessidades.
Nas próximas eleições, enquanto a esquerda tenderá a se radicalizar, preservando de forma patética o próprio nicho, e para isso precisa de um discurso que fatalmente a levará a um novo estelionato eleitoral (como o ocorrido em 2014!); a direita voluntarista, procura de forma errática e pouco convincente, um discurso econômico que possa seduzir o “mercado”, enquanto no trato das questões sociais e dos costumes, nem ousa dizer seu nome...
Diante deste quadro, nos resta como eleitores e cidadãos o compromisso de buscar uma proposta um pouco mais equilibrada, mais ao centro, que consiga, a um só tempo, indicar um caminho seguro para a política econômica de longo prazo, fazendo as reformas de que o Brasil necessita, e buscar urgentemente um clima de união nacional, através de compromissos programáticos tanto em prol do bem estar social, quanto em prol do desenvolvimento econômico sustentável, para que o país possa consolidar de uma vez por todas sua jovem democracia , podendo juntar-se, enfim, ao grupo de nações desenvolvidas que garantem aos seus povos vida digna e instituições sólidas.


Leonardo Secchi é Pós Doutor em Políticas Públicas pela Universidade de Wisconsin (EUA) Professor na Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG) da UDESC em Florianópolis e autor do livro Políticas Públicas - Conceitos, Esquemas de Análise, Casos Práticos.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Vasos nos cemitérios podem gerar focos do mosquito da dengue

Muitos vasos com água foram deixados nos cemitérios municipais, no Dia de Finados

Depois do grande movimento nos cemitérios municipais, ocorrido no Dia de Finados, surge agora um problema ambiental preocupante: os vasos de flores com água, deixados sobre os túmulos, os quais tendo em vista a onda de calor prevista para o próximo verão podem gerar focos do mosquito da dengue.
O secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Euclides Mecabô (Tchá-Tchá) faz um apelo às pessoas que visitaram os túmulos de seus entes queridos para que voltem aos cemitérios (de Índios, da Penha e Cruz das Almas) e limpem os vasos, retirando a água e os galhos da flores naturais.
“As pessoas podem pedir ajuda, no setor administrativo dos cemitérios, que o nosso pessoal auxiliará nos serviços de limpeza, se necessário”, fala Tchá-Tchá.

O secretário disse que não é recomendada a entrada de flores naturais nos cemitérios, porém devido ao grande fluxo de visitantes no Dia de Finados, torna-se praticamente impossível esse tipo de controle.

Estradas da Coxilha Rica recebem melhorias

Os serviços fazem parte do pacote de investimentos na infraestrutura do interior anunciados pela Prefeitura e Governo do Estado
As obras de melhorias nas estradas do interior de Lages estão sendo executadas de maneira constante. Os trabalhos se intensificaram após o anúncio da Prefeitura em parceria com Governo do Estado, de investimentos de R$ 4,6 milhões ainda para este ano, e mais R$ 1,4 milhão para o ano de 2018.
Na região da Coxilha Rica, a empresa responsável está executando os serviços de patrolamento, alargamento e cascalhamento da estrada do Rincão. Outra frente de trabalho já inicia os mesmos serviços na estrada que dá acesso à rótula da localidade de São Jorge até o Bodegão. “São obras deste importante investimento público no interior do município que melhoram a qualidade de vida do produtor rural e suas condições de trabalho”, destaca o secretário municipal da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini.

Estão programados também os serviços de patrolamento, alargamento e cascalhamento em outras estradas da Coxilha Rica, como é o caso da região do viaduto do trem, na Vigia, até a rótula de São Jorge.

Na amanhã desta terça-feira, a deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) participou de uma reunião com os representantes do lotéricos de Lages. Na pauta a urgência na votação do projeto (PL 7306/2017) que prevê o reajuste das tarifas de permissão das loterias da Caixa Econômica Federal (CEF). Para a parlamentar, a solução definitiva dos problemas financeiros enfrentados pela rede lotérica passa pela aprovação da proposta, que conta com o apoio de parlamentares de todos os partidos. Lotérico há 35 anos, Jorge Barbosa afirma que mais de 500 lotéricas fecharam em todo o Brasil e se o projeto demorar pra ser aprovado, outras irão fechar, principalmente as localizadas no interior. “A situação está muito ruim eu e mais um colega já fechamos as nossa filiais aqui em Lages, nosso pedido é para que haja um aumento no pagamento de boletos, pois recebemos apenas R$ 0,60 por cada pagamento”, ressalta. O projeto contempla uma correção imediata de todas as tarifas, bem como um modelo que permitirá uma atualização de valores sempre que os movimentados pela rede lotérica sofram um incremento. As tarifas repassadas pela Caixa aos lotéricos não são revistas há mais de 10 anos. Os representantes da rede lotérica também reivindicam que o transporte de bens e valores passe à responsabilidade da Caixa. Pois o custo com o transporte é muito alto. “A Caixa precisa reconhecer a importância das loterias para a população, vamos trabalhar para este projeto seja votado com urgência na Câmara. As loterias são o banco do povo e prestam um serviço inestimável às comunidades. É na lotérica que trabalhador recebe a bolsa-família e paga as suas contas. Não podemos permitir que as lotéricas sejam fechadas e a população fiquei prejudicada”, concluiu a parlamentar.

O projeto contempla uma correção imediata de todas as tarifas, bem como um modelo que permitirá uma atualização de valores sempre que os movimentados pela rede lotérica sofram um incremento. As tarifas repassadas pela Caixa aos lotéricos não são revistas há mais de 10 anos.

Os representantes da rede lotérica também reivindicam que o transporte de bens e valores passe à responsabilidade da Caixa. Pois o custo com o transporte é muito alto.

“A Caixa precisa reconhecer a importância das loterias para a população, vamos trabalhar para este projeto seja votado com urgência na Câmara. As loterias são o banco do povo e prestam um serviço inestimável às comunidades. É na lotérica que trabalhador recebe a bolsa-família e paga as suas contas. Não podemos permitir que as lotéricas sejam fechadas e a população fiquei prejudicada”, concluiu a parlamentar.


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Genética bovina de ponta no último leilão do ano


O Parque Conta Dinheiro, em Lages, realiza no próximo sábado, 18, o último leilão de 2017

Lages – 13/11/2017 - A Associação Rural de Lages tem programada para o próximo sábado, 18, a partir das 14 horas, a abertura da Feira de Gado Geral que fecha o cronograma de leilões deste ano, no Parque Conta Dinheiro. Entre 300 e 400 animais deverão estar na pista de arremates José Arruda Ramos. A quantidade não será grande, mas a qualidade segue sendo o que mais conta, conforme bem disse o presidente da entidade rural, Márcio Pamplona. Segundo explica, no evento de negócios, estarão animais selecionados e de alto padrão racial. “Trata-se de mais uma oportunidade aos criadores adquirirem também reprodutores que vêm sendo valorizados em todos os leilões, inclusive, os particulares”, reforça Pamplona.

O fato de ser o último leilão do ano só aumenta a expectativa de que haja pista limpa. Por outro lado, a valorização dos animais tem se mantido regular. Os preços médios tiveram pouca oscilação durante o ano. O destaque fica exatamente para os reprodutores que tiveram valorização acima dos preços praticados em 2016, e mantiveram os negócios aquecidos, com a certeza de liquidez a cada leilão. Márcio Pamplona explica que, pelo histórico da Expolages e pelos leilões particulares, ficou evidenciada a confiança do produtor em seguir investindo na pecuária, embora o resultado das novas aquisições sejam sentidas no rebanho daqui há dois anos, quando começam a nascer os bezerros. “Lá por 2020 ou 21, é que estes animais estarão terminados e prontos para o abate. O investimento feito agora, portanto, leva de três a quatro anos para se tornar produto no mercado”, concluiu o dirigente rural.


Deputada Carmen Zanotto cumpre agenda intensa no fim de semana e destaca emendas

Neste fim de semana a deputada federal Carmen Zanotto cumpriu agenda em Lages e em Anita Garibaldi. Atendendo ao convite do comandante do 1º Batalhão Ferroviário de Lages Luiz Carlos Tomaz e de sua esposa, Edna Tomaz, a parlamentar esteve no chá “Mãos Amigas” que tem como objetivo a valorização da mulher. Na tarde sábado, Carmen falou sobre a saúde da mulher, a importância da prevenção do câncer de mama, o tipo de câncer que mais mata mulheres no país e os seus projetos. Entre eles, a Lei dos 60 Dias que garante o início do tratamento em até dois meses contra o câncer a partir do diagnóstico. A parlamentar também destacou o projeto que prevê o exame de mamografia para mulheres a partir dos 40 anos. O projeto precisa ser aprovado no Senado.

Logo após, a deputada participou do café colonial em prol da Irmandade Nossa Senhora das Graças, que atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social de Lages. Este ano, parlamentar indicou para a entidade uma emenda no valor de R$ 40 mil para a compra de um veículo.

Ainda no sábado, Carmen prestigiou o final do futsal feminino dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A parlamentar se emocionou com a vitória das Leoas da Serra. “Foi muito bonito ver essas guerreiras conquistarem mais esse título, todos nós torcemos juntos com elas, que representam a valorização das mulheres no futebol, seja no quadra, ou no de campo”, destacou. A deputada vem apoiando as Leoas da Serra desde a criação da equipe.


Recursos para Anita Garibaldi

No domingo, a parlamentar visitou a VII Festa do Imigrante em Anita Garibaldi, o evento não era realizado desde 2007. Carmen foi recepcionada pelo prefeito João Cidinei da Silva. “Agradeço a todos pelo carinho e pela receptividade, sabemos que com nossas atividades em Brasília, muitas vezes, fica difícil prestigiar os eventos da nossa região, mas sempre que posso estou presente”, afirmou.

Desde de 2013 a deputada Carmen Zanotto indicou R$ 200 mil para a Saúde de Anita, R$ 100 mil para o setor agrário. Este ano também foram indicados R$ 250 mil para o Hospital Frei Rogério.

Fotos: Zé Rabelo


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Relação dos partidos e quantidade de deputados na Câmara dos Deputados

FacebookTwitterE-mail

Partido/BlocoBancadaLíder / RepresentanteNome do Partido / Bloco
PMDB60BALEIA ROSSIPartido do Movimento Democrático Brasileiro
PT57CARLOS ZARATTINIPartido dos Trabalhadores
Bloco PP, AVANTE51ARTHUR LIRABloco Parlamentar PP, AVANTE
PSDB46RICARDO TRIPOLIPartido da Social Democracia Brasileira
PSD38MARCOS MONTESPartido Social Democrático
PR37JOSÉ ROCHAPartido da República
PSB34JÚLIO DELGADOPartido Socialista Brasileiro
DEM29EFRAIM FILHODemocratas
Bloco PTB, PROS, PSL, PRP26JOVAIR ARANTESBloco Parlamentar PTB, PROS, PSL, PRP
PRB22CLEBER VERDEPartido Republicano Brasileiro
PDT21WEVERTON ROCHAPartido Democrático Trabalhista
PODE17RICARDO TEOBALDOPodemos
SD14AUREOSolidariedade
PCdoB12ALICE PORTUGALPartido Comunista do Brasil
PSC11PROFESSOR VICTÓRIO GALLIPartido Social Cristão
PPS9ARNALDO JORDYPartido Popular Socialista
PHS7DIEGO GARCIAPartido Humanista da Solidariedade
PV6LEANDREPartido Verde
PSOL6GLAUBER BRAGAPartido Socialismo e Liberdade
REDE4JOÃO DERLYRede Sustentabilidade
PEN3JUNIOR MARRECAPartido Ecológico Nacional
S.PART.2-Sem Partido
Total512