quarta-feira, 18 de abril de 2018

Ensino profissionalizante Programa de Educação para o Trabalho e Cidadania Pontes para o Amanhã forma primeira turma em marcenaria


O Programa de Educação Profissionalizante da rede municipal de ensino está sendo usado como modelo e referência para outras unidades do Senai no Estado
Uma ação que possibilita o despertar para o empreendedorismo e mais qualificação para a inserção ao mercado de trabalho. Assim foi definido o ato de formatura em marcenaria dos jovens alunos que estão fora da idade série, matriculados nas Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs) e que participam do Programa de Educação para o Trabalho e Cidadania Pontes para o Amanhã. Uma iniciativa da Prefeitura de Lages, através da Secretaria da Educação, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Social da Indústria (Sesi), na oferta de cursos profissionalizantes e na Educação de Jovens e Adultos (EJA).
No curso de marcenaria foram 280 horas/aula de teoria e prática. A secretária municipal da Educação, Ivana Michaltchuk, salientou que este é um programa piloto em que os alunos aprenderam a confeccionar móveis em madeira de alta qualidade. “São três etapas deste Programa. Estes alunos ainda vão participar dos cursos de eletricista instalador predial de baixa tensão e montador e reparador de computadores.”
De acordo com o prefeito Antonio Ceron, a implantação de cursos profissionalizantes no contraturno escolar para os jovens das escolas da rede pública municipal é de suma importância para a qualificação de mão de obra na busca das primeiras oportunidades. “Este é o momento do conhecimento e da profissionalização. As oportunidades aparecem para quem está mais preparado, por isso parceiras como esta devem ser celebradas”, disse.
O diretor do Senai de Lages, Telmo Altair Coelho, salientou que o Programa de Educação para o Trabalho e Cidadania Pontes para o Amanhã está sendo usado como modelo e referência para outras unidades do Senai no Estado. “Um investimento nas pessoas e que vem dando um resultado muito positivo na formação profissional em nossa cidade.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário