quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Berrneck será uma das mais modernas do mundo em Lages


Fábrica da Berneck em Lages será uma das mais modernas do mundo

A convite do proprietário da empresa, Gilson Berneck, o prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese estiveram em Curitibanos, cujo projeto é semelhante à futura unidade de Lages, e ficaram impressionados com a estrutura
Uma fábrica de primeiro mundo, totalmente automatizada, de alta tecnologia e com respeito aos colaboradores e ao meio ambiente. Assim é a Berneck Painéis e Serrados em Curitibanos. A unidade opera há sete anos na cidade e servirá como modelo para a nova filial a ser construída nos próximos meses em Lages, às margens da BR-116, nas proximidades da ponte sobre o Rio Caveiras.
Na tarde de terça-feira, dia 28, o prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese estiveram em Curitibanos a convite do proprietário da empresa, Gilson Berneck. E se o complexo já impressiona pelo tamanho e pelos processos informatizados, a de Lagesnão ficará por menos.
Em Curitibanos existem 780 funcionários, a maioria da própria cidade. A produção chega a 3,5 mil metros cúbicos de painéis por dia e é vendida para clientes do setor moveleiro do Brasil e outros 60 países de vários continentes.
Já a unidade de Lages, em que pese ter menos funcionários num primeiro momento – a previsão é de 650 empregos diretos na etapa inicial - produzirá 30% a mais na serraria e 25% a mais de MDF também com processos de avançada tecnologia.
O investimento será de R$ 800 milhões e possibilitará R$ 650 mil por mês em retorno do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos cofres do município. E assim como em Curitibanos, em Lages a Berneck também dará prioridade à mão-de-obra local.
“Por isso é importante que os moradores se qualifiquem, busquem cursos técnicos de capacitação e se preparem para este novo momento prestes a chegar”, comenta o empresário Gilson Berneck.
“Estivemos em Curitibanos para conhecer a fábrica, cujo projeto é semelhante ao de Lages. Sabíamos de alguns detalhes, mas conhecendo de perto e vendo o tamanho e a modernidade do processo industrial, ficamos maravilhados. A Berneck é uma empresa de primeiro mundo, com uma capacidade enorme de produção e que gera centenas de empregos. Estamos muito felizes, pois estarmos cada vez mais perto de receber este grande investimento na nossa Lages”, conclui o prefeito Antonio Ceron.

Deputada Carmen da largada em Lages na campanha a Federal


Carmen Zanotto mostra sua força durante evento em Lages



Carmen Zanotto (PPS) candidata à reeleição a deputada federal foi ovacionada em Lages com a Caravana da Vitória da coligação Santa Catarina Quer Mais, na noite de terça-feira (29) na Abecelesc. Os candidatos da majoritária concentraram grande número de apoiadores e, mais uma vez Carmen recebeu menções de carinho e reconhecimento pelo serviço prestado.

Esta foi umas das maiores mobilizações da campanha até agora, mostrando o engajamento do lageano e dos serranos neste projeto. “Santa Catarina precisa de mais e essa união de esforços fará a diferença. Ainda temos muito trabalho pela frente para garantir a todos os catarinenses uma saúde pública digna e o respeito que cada um merece”, diz Carmen Zanotto.

Muitas lideranças de Lages e região acompanharam os candidatos e todos enaltecerem a importância de manter Carmen Zanotto na Câmara Federal. O deputado Fernando Coruja falou que Carmen não está aqui a passeio. “É uma mulher de fibra, guerreira, que se destacou entre os mais de 500 deputados por todo trabalho prestado. Batalhou muito por todos os municípios catarinenses e por isso estamos todos juntos e devemos, com muito orgulho, reeleger Carmen Zanotto”, declara.

Após os discursos a onda do 2323 tomou conta do evento com bandeiraço, bateria e muita animação comandados pela candidata Carmen. “Nossa equipe é unida e está empenhada em fazer uma bela e animada campanha, como deve ser”, enfatiza Carmen.



segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Prefeito recebe empresário do ramo têxtil em seu gabinete


Prefeito recebe empresário do ramo têxtil em seu gabinete
Uma possível parceria com o programa Qualifica Mais Lages, da Secretaria do Desenvolvimento, visa oferecer oficinas de costura às mulheres que se interessam pelo ramo e assim possam preencher as vagas que estão disponíveis
O prefeito Antonio Ceron recebeu, nesta segunda-feira (27 de agosto), o empresário Elio de Liz, proprietário da Planalto Confecções, empresa do ramo têxtil que vem crescendo significativamente nos últimos anos em Lages. O objetivo da visita foi expor ao chefe do executivo municipal as principais demandas e anseios do setor, a fim de construir parcerias que sejam positivas e mantenham o negócio cada vez mais promissor para a cidade.
A empresa se instalou em Lages em meados de 2011 e, de lá para cá, vem crescendo tanto na exportação de produtos para todo o país, focada no público feminino, como na oferta de vagas de emprego. Hoje a Planalto Confecções conta com aproximadamente 150 funcionários, sendo que 90% são mulheres. Elas produzem cerca de 1.500 peças por dia, chegando a quase 40 mil ao mês.
A meta é ampliar a empresa e chegar a 200 funcionárias, pois algumas máquinas estão paradas por falta de mão de obra qualificada. Elas atuam na costura, acabamentos e embalagem dos produtos. Um grande investimento foi feito na fábrica, que conta com quatro mil metros de área construída e um refeitório próprio para melhor comodidade de seus funcionários.
Algumas questões foram levantadas pelo empresário, como a necessidade de ter um programa de qualificação de mão de obra e maior oferta de vagas na educação infantil, para atender às mulheres que precisam ter onde deixar seus filhos para irem trabalhar.
O prefeito deixou claro todo seu empenho para que as empresas encontrem no Município um ambiente propício ao crescimento, mantendo a qualidade de seus serviços, sempre contando com o apoio do poder público municipal. “Vamos estudar a melhor forma de sanar estas dificuldades, pois empresas como a Planalto trazem emprego e desenvolvimento, principalmente às mulheres. Isso é muito bom para Lages, por isso podem contar com nosso apoio”, afirma Ceron.
Técnicos da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo acompanharam a reunião e apontaram a possibilidade de parceria através do programa Qualifica Mais Lages. A ideia é oferecer oficinas de costura às mulheres que se interessam pelo ramo e assim possam preencher as vagas que estão disponíveis.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Jocol cancelado neste final de semana em Lages


Rodada dos Jocol é cancelada devido à chuva

Esta rodada fica automaticamente remarcada para o próximo final de semana

Devido a constante chuva que atingiu Lages nesta sexta-feira (24 de agosto), a Fundação Municipal de Esportes (FME) decidiu por cancelar a rodada da Primeira Divisão, Divisão Especial e do Jocolzinho, dos Jogos Comunitários de Lages (Jocol), que seria realizada neste sábado e domingo (25 e 26 de agosto). De acordo com o superintendente da FME, Nilson Cruz, esta rodada fica automaticamente remarcada para o próximo final de semana (sábado, 1º, e domingo 2 de setembro) nos mesmos horários e locais.

Prefeitura Lageana acelera cobrança de devedores



Procuradoria do Município acelera cobrança de devedores inadimplentes na busca por recuperar valores em 24 mil processos

Quem possuir dívidas em atraso pode procurar acertar seus débitos, inclusive com parcelamento e descontos em juros e correção monetária, nos termos previstos na legislação em vigor
A Procuradoria Geral do Município de Lages, através da Unidade de Execuções Fiscais, está promovendo, desde o início do mês de julho deste ano, ampla revisão em todos os processos judiciais em curso, com o objetivo de agilizar e dar efetividade às cobranças de dívidas ativas existentes no Município. Este trabalho é referente a aproximadamente 24 mil processos judiciais em curso, ajuizados nos últimos dez anos, com cobrança de dívidas em atraso, relacionadas a Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços (ISS) e taxas de localização e funcionamento, entre outros. Do total, 70% dos débitos são de IPTU.
Já foram revisados e movimentados em torno de seis mil processos, corrigindo-se equívocos nos endereços ou endereços insuficientes, citações pendentes, indicações de bens para penhora e outros problemas de ordem técnica que podem dificultar o andamento do processo.  Segundo o procurador geral do Município, Agnelo Miranda, “o objetivo do trabalho é agilizar a recuperação de créditos para os cofres públicos, permitindo a melhoria dos serviços e execução de obras que dependem de receitas decorrentes de impostos”.
Quem possuir dívidas em atraso pode procurar acertar seus débitos, inclusive com parcelamento e descontos em juros e correção monetária, nos termos previstos na legislação em vigor. Basta se dirigir ao balcão de serviços da prefeitura, no térreo, ao lado da Catedral, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h (sem fechar para almoço), ou ao setor de Execuções Fiscais, ao lado do Fórum Nereu Ramos, no prédio da Justiça Federal (Edifício Lages Business Center), nº 3.800, 5º andar, sala 54, na avenida Belizário Ramos (Carahá), com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 19h, sem interrupções no horário de atendimento.

Transito Interrompido neste sábado no centro de Lages


Trecho de ruas no Centro será fechado neste sábado

Bloqueio de passagem de carros acontecerá das 8h até final da tarde

Em decorrência de evento em comemoração ao aniversário de uma emissora de rádio local, a Diretoria de Trânsito (Diretran) informa que o trafego de veículos será interrompido neste sábado (25 de agosto), no período das 8h às 17h, no trecho entre as ruas Manoel Thiago de Castro e Otacílio Vieira da Costa.

Fort Atacadista deverá ser entregue até dezembro deste ano com geração de 250 empregos diretos



Fort Atacadista deverá ser entregue até dezembro deste ano com geração de 250 empregos diretos
O Município prestará todo aparato para agilizar a expedição de licenças pertinentes ao início das obras
O maior município da Serra de Santa Catarina, referência industrial e comercial num raio superior a 200 quilômetros, comemora a retomada do fôlego econômico e uma iniciativa comprobatória do otimismo que deve imperar nos gestores públicos, privados e principalmente, na população. Consiste na ousadia em abrir um negócio exponencial em Lages, na contramão de discursos negativos Brasil afora.
Fundado no Litoral Norte na década de 1970, o Grupo Pereira, responsável pelas marcas Fort, Comper e Atacado Bate Forte, sediado primeiramente em Itajaí, deverá ter sua filial da bandeira Fort em funcionamento até final deste ano em Lages. Na modalidade de atacarejo, deverá oferecer mais de oito mil itens, entre alimentos, bebidas, perecíveis, perfumaria e limpeza, além de um catálogo em açougue e farmácia.
Na manhã desta sexta-feira (24 de agosto), o gerente de galerias, Cristiano Caron e o engenheiro civil do Fort, Manoel dos Santos, representaram o proprietário do empreendimento, Manoel Inácio Pereira, em encontro com o prefeito Antonio Ceron, do qual participaram, ainda, o vice Juliano Polese; o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi; o arquiteto e diretor de Urbanismo e Planejamento, Roberto Provenzano e o procurador geral do Município (Progem), Agnelo Miranda. As autoridades conheceram o layout do projeto da área de 21 mil metros quadrados, onde será edificado o prédio de dez mil metros quadrados, destes, três mil metros destinados à área de vendas, localizada à margem da avenida Belizário Ramos (Carahá), no antigo viveiro da Floricultura Sempre Verde, com investimentos na ordem de R$ 30 milhões (terreno, infraestrutura, construção e maquinário).
Paralelamente à planta da loja em si, que será de médio porte, haverá ambientes de doca (armazenamento de mercadorias) e estacionamento com capacidade para 261 vagas, sendo 160 cobertas. Baseados em um mapa, rotas de acesso foram discutidas para facilitar os deslocamentos dos clientes lageanos, com estudo de fluxo de veículos. Serão criados 250 postos de trabalho diretos.
Atualmente são 68 lojas do grupo no Brasil, presentes nos Estados de Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal e São Paulo, destas 19 lojas das marcas Fort e Comper estão em Santa Catarina. Unidades estão em construção em Blumenau, São Bento do Sul, Tubarão, Criciúma, Joinville e Barra Velha. São 13 mil funcionários do grupo investidor, mais de 154 mil metros quadrados de áreas construídas e R$ 5,8 bilhões de faturamento. Em 2017 as cifras chegaram a R$ 7,2 bilhões, com alcance de 24% de crescimento em relação ao ano anterior. “Previamente à escolha de Lages para receber uma nova filial foram feitos estudos de poder de consumo e aquisitivo de clientes potenciais. Os empreendedores conhecem Lages e gostam daqui. É uma cidade repleta de qualidades”, justifica o diretor de galerias do Fort, Cristiano Caron, concluindo: “a partir de agora vamos protocolar o projeto na Secretaria de Planejamento e Obras e na próxima quinzena iniciaremos a terraplanagem”.
Com esta notícia oficializada, o prefeito Ceron reconheceu a iniciativa lembrando a geração de empregos às famílias de Lages a arrecadação de tributos para contribuir à sustentação dos serviços públicos. “Todo investimento é bem-vindo. O Fort Atacadista abre sua primeira unidade na região serrana e se equipara à Berneck e Havan, que farão total diferença no impacto do panorama econômico do município. Quanto às incumbências burocráticas que cabem à prefeitura, as equipes técnicas estão orientadas a proporcionar celeridade aos trâmites e a empresa poder cumprir seu cronograma conforme planeja”, disse Ceron.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Tempo de TV dos candidatos a presidência da república do Brasil

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentou nesta quinta-feira (23) o tempo previsto para a propaganda no rádio e na televisão de cada um dos 13 candidatos à Presidência da República, para a campanha do primeiro turno das eleições deste ano.
O horário eleitoral na TV começa no dia 31, mas os programas dos presidenciáveis começam a ir ao ar em 1º de setembro, até 4 de outubro.
Os programas dos candidatos a presidente serão veiculados aos sábados, terças e quintas-feiras, em dois blocos diários de 12 minutos e 30 segundos. No rádio, haverá um bloco às 7h da manhã e outro às 12h. Na TV, o primeiro bloco será veiculado às 13h e o segundo às 20h30.
Além de um tempo fixo em cada um dos dois blocos diários, cada candidato à Presidência terá um número diferente de inserções de 30 segundos cada a serem veiculadas na programação de cada emissora ao longo de toda a campanha de primeiro turno.
Os tempos e o número de inserções poderão ser contestados pelos partidos. Por isso, poderá haver mudanças. Um julgamento definitivo sobre a distribuição do tempo pelo TSE está marcado para a próxima terça-feira (28).
Tempo dos candidatos a presidente no horário eleitoral (Foto: Editoria de Arte / G1)Tempo dos candidatos a presidente no horário eleitoral (Foto: Editoria de Arte / G1)

Núcleo de Eventos da Acil faz reunião com MP


Perturbação da ordem e do sossego foi pauta de reunião realizada no Ministério Público
Desde a reativação do Núcleo de Eventos da Associação Empresarial de Lages (ACIL), em maio, os empresários tem realizado reuniões com representantes de órgãos públicos com a finalidade de alinhar estratégias para diminuir as ocorrências ligadas a perturbação da ordem e do sossego que vem ocorrendo aos arredores de bares e casas noturnas.
Por sugestão do Promotor do Meio Ambiente, Dr. Antonio Junior Brigatti Nascimento, foi realizada na manhã do dia 21 de agosto, no Ministério Público de Santa Catarina, uma reunião com representantes de todos os órgãos envolvidos na emissão de alvarás e fiscalização do cumprimento da Lei que proíbe o consumo de bebida alcoólica em vias públicas. Além dos membros do Núcleo de Eventos, Felipe Sturm, Larissa Sandri e Roberto de Souza, também estavam presentes o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi; o diretor de Planejamento e Urbanismo, Roberto Provenzano; o Procurador Adjunto do Município, Dr. Elói Ampessan; o comandante do 6º BPM, Ten. Cel. Alfredo Nogueira dos Santos; o Ten. Bruno Montovani; a Delegada Regional, Luciana Rodermel; e o vice presidente de Legislação e Tributos da ACIL, Fabricio da Silva.
O Promotor sugeriu implementar uma política pública que regularize prazos para que bares e casas noturnas se adequem as normas e, assim, evitar a perturbação do sossego público causado por ruídos. Segundo Dr. Antonio, “tendo essas regras bem claras, com prazos definidos, o proprietário do estabelecimento ao receber uma notificação, terá ciência de que precisa se adequar dentro daquele prazo ou poderá ter seu alvará suspenso ou até mesmo cassado”. Dr. Elói informou que a Procuradoria do Município tem uma reunião marcada, para essa mesma data (21/08) para dar início a esse trabalho.
O coordenador do Núcleo, Roberto de Souza, explicou que a preocupação deles é com relação a perturbação causada pela grande quantidade de jovens que ficam em frente aos bares bebendo. “Nossos estabelecimentos estão dentro das normas. Nossa preocupação é com as pessoas que ficam em frente aos bares bebendo, pois quando a vizinhança reclama do barulho fica registrado o nome do bar, como se fossem nós os causadores da perturbação”, desabafou ele. “Sabemos do pouco efetivo da PM para fiscalizar a Lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, por isso, nos colocamos a disposição para ajudar nesta questão”, completou Larissa.
Ficou acordado que dentro de 30 dias a Procuradoria do Munícipio irá repassar ao Promotor como ficaram definidas as regras que garantirão a punição aos estabelecimentos que não seguirem a legislação e a Polícia Militar repassará um planejamento para fiscalização da Lei 4080/2015.

Sobre o Núcleo
O Núcleo de Eventos foi reativado recentemente, com o objetivo de estabelecer parcerias saudáveis entre as empresas e profissionais do segmento, buscando a satisfação dos clientes e valorizando a profissionalização e qualificação do mercado.
Fazem parte do núcleo: Galeria Bar, Embaixada Bar, Barba Pub, 747 Pub, Bar Container, Estação Lages. Para informações sobre como participar do núcleo e reuniões basta ligara para 49 3251.6611.


quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Água Mineral um direito do consumidor



Pelo direito do consumidor
O cidadão conquistou vários direitos ao longo do tempo enquanto consumidor. Com a exigência de informações claras, garantiu a liberdade de escolha, um dos direitos básicos do consumidor.
Mas ainda assim, algumas brechas e estratégias, nem sempre de boa-fé, podem induzir o consumidor ao erro e, consequentemente, ferir esse direito de escolha. Cabe aos concorrentes perceberem a falha e contestarem.
Em Santa Catarina, 14 indústrias de água mineral, das 21 evasadoras do estado, notaram essa dinâmica antiética no mercado e decidiram unir forças para lutar pelos direitos de seus consumidores.
Afinal, uma empresa de água mineral, ao vender um galão retornável de 20 litros, deve informar, além das questões nutricionais, as condições de devolução do garrafão, já que os modelos exclusivos acabam condicionando a troca por outro do mesmo fornecedor apenas. 
Prezando o direito de escolha, a informação correta seria informar que o vasilhame é próprio da marca e, caso o consumidor queira escolher a água mineral de outra marca na próxima compra, o galão será inutilizado, podendo, até mesmo, ser cobrado um valor adicional para a troca deste produto.
Sendo assim, a Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral, Acinam, manifesta indignação e alerta aos consumidores que estão sendo prejudicados. Mesmo após denuncia, a justiça ainda não concluiu sua posição, mas os consumidores podem ficar atentos a essas posturas.
Para evitar dar forças a essas empresas que estão lucrando em detrimento do direito do consumidor e do crescimento da concorrência, a orientação é optar pela compra do vasilhame de 20 litros que tenha a marca Acinam. Dessa forma, a associação garante a preservação dos direitos do comprador e estimula a concorrência leal no mercado de água mineral catarinense.

Feira do Peixe Vivo será nesta sexta-feira no bairro Gethal


Feira do Peixe Vivo será nesta sexta-feira no bairro Gethal

Uma vez por semana um bairro de Lages recebe a feira com diversas espécies de peixes vivos
Está programada para esta sexta-feira (24 de agosto) mais uma edição da Feira do Peixe Vivo nos bairros de Lages. Desta vez a estrutura da Secretaria de Agricultura e Pesca, através da diretoria de Aquicultura, em parceria com a União Rural de Lages (Unir), será montada na rua Campos Sales, no bairro Gethal, em frente à sede do Serviço Social da Indústria (Sesi). A feira abre para comercialização a partir das 9h.
De acordo com o secretário municipal da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini, os produtores participantes são da Agricultura Familiar e estarão disponibilizando espécies como: Carpa Capim, Prateada, Cabeça Grande, Jundiá, entre outras. “Serão em torno de 300 quilos de peixes ao preço de R$ 12,50 o quilo”, explica o secretário.

Dança Lages promete lotar a praça de alimentação do Garden Shopping


Dança Lages promete lotar a praça de alimentação do Garden Shopping
Festival de Dança de Lages terá os próximos dois sábados reservados para apresentações no Lages Garden Shopping. Neste sábado (25 de agosto), a partir das 19h, o espaço da praça de alimentação será para dançarinos e dançarinas de grupos juvenis e adultos, e no dia de encerramento, marcado para o dia 1º de setembro, as apresentações ficam por conta das crianças
Promovido pela Fundação Cultural de Lages (FCL), através da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, o Festival Dança Lages repete o evento de sucesso de 2017, realizado no mesmo local. De acordo com o diretor da Escola de Artes, Salésio Padilha, a partir da ideia que se teve da criação do Dança Lages, se pensou na realização do evento em um lugar com grande circulação de pessoas, como um shopping. “Todos grandes centros tem eventos de dança acontecendo em seus shoppings. Conversamos com os representantes do Garden, e essa parceria desde então vem dando certo”, comenta.
Das mais variadas apresentações, o diretor da Escola de Artes ressalta que o foco principal é apostar na base. Trabalhar com as categorias: adulto, juvenil e crianças. Neste ano uma novidade será a ampliação para a participação de outras cidades da região serrana. Esta edição abre as portas para grupos de dança de Otacílio Costa, Correia Pinto e Ponte Alta do Norte.
Além dos dias principais, 25 de agosto e 01 de setembro, o dia 26 (domingo) marca apresentações especiais, como oficinas de jazz, com Eliane Rosseto, e danças de ruas com Eliseu Lemos. O evento será aberto, ou seja, gratuito, com intenção da profissionalização da dança em Lages.
Salésio Padilha também destaca algumas mudanças na estrutura da edição. “Nessa edição faremos um palco elevado, além das oficinas de dança para qualificação”.
Para o superintendente da FCL, Giba Ronconi, o trabalho realizado na Escola de Artes tem também o propósito de integração e troca de experiências entre os grupos. “As apresentações no shopping, por exemplo, permitem que os grupos, principalmente os mais novos, busquem por mais experiência não só no aprendizado da prática, mas na socialização”, opina.
Serviço:
Assunto: Dança Lages 2018 – Mostra juvenil e adulto;
Quando: Sábado, 25 de agosto;
Horário: 19h;
Onde: Praça de Alimentação do Lages Garden Shopping;
Quem promove: Escola de Artes da Fundação Cultural de Lages

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Dirigentes de casas asilares se reúnem com prefeito para discutir quadro financeiro das instituições


Dirigentes de casas asilares se reúnem com prefeito para discutir quadro financeiro das instituições

“Enquanto gestor público compreendo perfeitamente os problemas financeiros enfrentados pelas casas asilares. Mas as prefeituras também estão encarando sérias divergências entre o que se gera de tributos e o que se gasta para manter equipe motivada e serviços em andamento. E é assim, com diálogo, que se encontram saídas paliativas e, se for o caso, permanentes para bem atender a população de todas as faixas etárias de Lages”, Antonio Ceron
A sensibilidade financeira que ainda toma conta dos segmentos público, privado e até sociais sem fins lucrativos, tem obrigado empresários, gestores e voluntários a fazer malabarismos para honrar com os compromissos junto a fornecedores de produtos, prestadores de serviços e aos próprios funcionários. Ou seja, o gosto amargo de apertar o cinto dos desembolsos é constante, e há discrepância na conta entre receita e gastos. Em Lages, este é assunto recorrente em reuniões das quais participa o prefeito Antonio Ceron, já que a máquina da administração pública depende, em sua totalidade, da arrecadação de impostos, gerada e impulsionada pela indústria, comércio e serviços, esta por sua vez estimulada pelo consumo. Na tarde desta terça-feira (21 de agosto), o prefeito recebeu em seu gabinete lideranças das três casas asilares de Lages - Asilo Vicentino (bairro Brusque), Lar Menino Deus/Bem Viver (Petrópolis) e Sociedade de Assistência Social, Educacional e de Apoio aos Desamparados de Lages (Saseadla)/Lar dos Idosos (Promorar), recepcionados também pelo secretário da Administração e Fazenda, Antonio Cesar Arruda.
Na pauta do encontro, as dificuldades financeiras em manter folha de pagamento em dia e os serviços essenciais aos idosos sem prejuízos a sua qualidade de vida. Em 1º de janeiro de 2017 a atual administração pôs em prática o vigor da Lei nº: 13.019/2014, que estabelece o Marco Regulatório da sociedade civil. De acordo com a referida Lei, a transferência de recursos públicos deve ser realizada com a finalidade de interesse público, mediante a execução das atividades ou de projetos previamente estabelecidos em planos de trabalho inseridos em termos de colaboração, ou em termo de fomento, os quais devem ser precedidos de chamamento público.
Desta forma, com o Marco Regulatório, um novo Termo de Colaboração foi firmado com os asilos, obedecendo-se às regras criteriosamente, e se estabeleceu o valor per capita de R$ 146,50 mensalmente, sendo que a totalidade varia conforme o número de idosos em cada uma das três entidades. No Asilo Vicentino, cujo presidente é George De Bona, estão 81 idosos, atendidos por 33 funcionários. No Menino Deus estão 53 idosos, com 21 colaboradores diretos mais nove indiretos contratados. Neste, a presidência está com Juares Paulino. Já no Saseadla são amparados 32 idosos, assistidos por 22 funcionários. O diretor executivo é Daniel Rengel. Com atenção à terceira idade, em cada um destes espaços estão homens e mulheres com idade a partir dos 60 anos até superior aos 100. “Enquanto gestor público compreendo perfeitamente os problemas financeiros enfrentados pelas casas asilares. Mas as prefeituras também estão encarando sérias divergências entre o que se gera de tributos e o que se gasta para manter equipe motivada e serviços em andamento. E é assim, com diálogo, que se encontram saídas paliativas e, se for o caso, permanentes para bem atender a população de todas as faixas etárias de Lages”, pontua Ceron.
Serviços e amor a 166 vovôs e vovós
Nos asilos os idosos recebem suporte completo para garantir a normalidade nas atividades de rotina, saúde satisfatória em boas condições de zelo, bem estar e lazer com dignidade aos seus direitos, assegurados por lei (Estatuto do Idoso). A maior parte do tempo dos idosos é voltada à recreação, à sociabilidade e a assistir à programação da televisão, além de bailinhos e visitas de crianças que adoram dividir momentos de carinho e de demonstração de afeto aos vovôs e vovós.
As receitas provenientes do convênio com o Município, da aposentadoria dos idosos (70% do total destinados às despesas e 30% ficam na conta bancária para eventualidades, como compra de medicamentos), da realização de eventos, como bingos e festas, vendas de churrascos, e doações voluntárias, são aplicadas em alimentação, custeio das remunerações da equipe multidisciplinar formada por médico (consultas duas vezes por semana), enfermeiro, fisioterapeuta, psicóloga (duas vezes por semana), nutricionista, educador físico e cuidadores.
No caso do Asilo Lar Menino Deus são R$ 8.125 mensais repassados pelo Município, multiplicados por oito parcelas, alcançando R$ 65 mil, um fôlego expressivo nos cofres da instituição na promoção social destes cidadãos que aprendem noções de autocuidado diariamente e estão protegidos da vulnerabilidade e do abandono. Os gastos de um idoso permeiam mensalmente entre R$ 1.600 e R$ 1.800. A cada mês, as casas asilares se deparam com uma despesa de R$ 58 a R$ 65 mil. “Os nossos custos subiram e as receitas desceram”, queixa-se Rengel, diretor do Saseadla, fundada há 24 anos pelo pastor evangélico Adayr Mendes.
A tradicional Festa do Asilo Vicentino, principal providência para angariar recursos, será realizada este ano no dia 30 de setembro. Em 2017 o evento resultou em um superávit de R$ 100 mil. O Vicentino é uma entidade com mais de 100 anos de fundação.

Acil apresenta campanha VOTE PELA SERRA


Campanha “Vote pela Serra Catarinense” foi apresentada em reunião da ACIL

O conselheiro consultivo da ACIL, Malek Ráu Dabbous, apresentou a campanha “Vote pela Serra Catarinense” para a diretoria da ACIL, na reunião realizada nesta segunda feira, 20/08. A campanha que tem como foco o voto consciente, está sendo desenvolvida pelas Associações Empresariais de Lages (ACIL), São Joaquim (ACISJO), Correia Pinto (ACIACOP) e Urubici (ACIUR), em parceria com o Fórum das Entidades Empresariais.
Malek explicou que a campanha é um movimento apartidário e tem como objetivos conscientizar a população sobre a importância de exercer sua cidadania, não votar em branco, não anular e não vender seu voto, analisar o histórico de cada candidato e suas propostas para a melhoria de vida da coletividade e, principalmente, se o candidato é comprometido com a Serra Catarinense. Segundo ele, “é preciso esclarecer as pessoas que se mais de 50% dos eleitores votar em branco não irá anular as eleições. Isso é um boato que surgiu nas redes sociais, como tantos outros”.
O material publicitário está em fase de finalização e será composto por flyers, bottons, cartazes e post’s para redes sociais. Os argumentos, bem como, todo o material publicitário serão divulgados nos próximos dias.

Assembléia Legislativa têm novo presidente em SC


segunda-feira, 20 de agosto de 2018

16 Enfermeiras ficam grávidas ao mesmo tempo em um hospital no Arizona

  BBC
Diretor do hospital diz que já está se preparando para a iminente escassez de pessoal (Foto: Banner Health/ BBC)Diretor do hospital diz que já está se preparando para a iminente escassez de pessoal (Foto: Banner Health/ BBC)
Diretor do hospital diz que já está se preparando para a iminente escassez de pessoal (Foto: Banner Health/ BBC)
A gravidez pode ser contagiosa?
Todo mundo sabe que não, mas o curioso caso de 16 enfermeiras grávidas ao mesmo tempo em um hospital de Mesa, no Estado do Arizona, nos Estados Unidos, deu o que falar.
As 16 mulheres trabalham no Centro de Terapia Intensiva do Banner Desert Medical Center - e representam 10% da equipe de enfermagem da unidade.
Um dos diretores do hospital afirmou que já está se preparando para a iminente escassez de pessoal.
Em entrevista à imprensa, as enfermeiras brincaram dizendo que tinham feito um acordo para folgarem juntas no Natal ou que devia haver algo na água do hospital.
 As 16 grávidas trabalham no Centro de Terapia Intensiva do Banner Desert Medical Center, no Arizona (EUA)  (Foto: Reprodução/ Facebook: Ashley Adkins, RN ) As 16 grávidas trabalham no Centro de Terapia Intensiva do Banner Desert Medical Center, no Arizona (EUA)  (Foto: Reprodução/ Facebook: Ashley Adkins, RN )
As 16 grávidas trabalham no Centro de Terapia Intensiva do Banner Desert Medical Center, no Arizona (EUA) (Foto: Reprodução/ Facebook: Ashley Adkins, RN )
"Acho que não nos demos conta de quantas estavam grávidas até abrimos um grupo no Facebook", conta Rochelle Sherman, uma das enfermeiras que está a pouco mais de um mês de dar à luz.
"É como se tivéssemos feito algum tipo de pacto."
"Eu sei que algumas fizeram tratamento de fertilidade", completa Paige Packard, outra enfermeira.
Jolene Garrow agradeceu, por sua vez, aos colegas que se ofereceram para fazer trabalhos que mulheres grávidas não podem fazer, como lidar com pacientes com doenças contagiosas, como tuberculose e herpes zoster, ou realizar alguns tratamentos contra câncer.
O primeiro parto do grupo está previsto para setembro e o último, para janeiro.