Rádio Gazeta On line

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

PMDB fica com a presidência da Câmara de Vereadores de Lages

Vone Scheuermann é eleito presidente da Câmara de Lages

Na última sessão deliberativa do ano na Câmara Municipal, ocorrida na noite desta terça-feira (dia 11), foi realizada a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2020 do Poder Legislativo Lageano. Liderada pelo vereador Vone Scheuermann (MDB), a Chapa 2 recebeu nove dos 16 votos possíveis e toma posse a partir de 1º de janeiro de 2019. A Chapa 1 apoiou a candidatura do vereador Gerson Omar dos Santos (PSD) e obteve sete votos.
Em seu discurso no Horário dos Partidos, o presidente eleito da Câmara de Lages agradeceu aos vereadores que aderiram à ideia. Ainda que politicamente a gestão da Câmara passe da situação para a oposição ao governo do prefeito Antonio Ceron (PSD), Vone Scheuermann garantiu que o Legislativo vai trabalhar pelo povo de Lages.
“Não vamos fazer oposição burra, odiosa. Os projetos que vierem para Casa, vamos continuar votando da mesma forma. Esse grupo se reuniu a semana toda, conversando, trocando ideias para ajudar a cidade de Lages. O que vim para ajudar esse povo, o servidor público, tenham certeza, não vai ter oposição desses vereadores”, afirmou Vone, que disse ainda que chegar à presidência da Câmara é um sonho de todos os vereadores.
A nova Mesa Diretora da Câmara de Lages tem a seguinte composição:

Presidente - Vone Scheuermann (MDB)
Vice-presidente - Amarildo Farias (PT)
1° Vice-presidente - Ivanildo Pereira (PR)
1° Secretário - David Moro (MDB)
2° Secretário - Bruno Hartmann (PSDB)

Novas Luminárias na Av. Dom Pedro II em Lages


Avenida Dom Pedro II conta com novas luminárias de LED

As novas lâmpadas têm garantia de cinco anos e maior durabilidade. Representam uma economia de aproximadamente 18% para o setor de iluminação pública

A partir de agora a avenida Dom Pedro II, uma das vias mais movimentadas da cidade, será também uma das mais bem iluminadas. A Secretaria do Meio Ambiente e Serviços Públicos está concluindo a instalação das novas luminárias com lâmpadas de LED ao longo da extensão de toda a avenida.
Ao todo são 278 lâmpadas, com potência de 240 W, que estão substituindo as lâmpadas de sódio convencional. O investimento total é de aproximadamente R$ 1 milhão. O prefeito Antonio Ceron, acompanhado do secretário Euclides Mecabô (Tchá Tchá), fez questão de acompanhar in loco a instalação na tarde desta sexta-feira (14 de dezembro). “É um investimento inicial grande, mas vai representar muita economia aos cofres públicos”, destaca o chefe do Executivo.
Dentro do mesmo projeto, serão substituídas por LED as lâmpadas das praças (frente e fundos) do Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera. A previsão é de que o serviço seja entregue junto à inauguração da reforma da Rodoviária.
As novas lâmpadas têm garantia de cinco anos e maior durabilidade. Representam uma economia de aproximadamente 18% para o setor de Iluminação Pública, pois dobram a eficiência energética, e garantem mais luminosidade.
A avenida passa pelos bairros Santa Rita, Centenário, Vila Nova, Universitário, São Cristóvão e Coral, sendo passagem também para quem atravessa a cidade de um ponto a outro das rodovias BR-116 e BR-282. “Além da economia, teremos mais segurança aos pedestres e motoristas”, ressalta o secretário do Meio Ambiente, Tchá Tchá.
Para o monitoramento das lâmpadas, será implantada uma central de iluminação pública, podendo emitir sinais para aumentar ou diminuir a intensidade da luminosidade em tempo real. Através do mesmo sistema, caso alguma luminária apresente defeito, o alerta também será em tempo real para a substituição.
Casos de vandalismo ou acidentes de trânsito são corriqueiros nas principais avenidas. Recentemente precisaram ser trocadas oito lâmpadas da iluminação pública na Dom Pedro. Com as novas lâmpadas, o custo para substituir alguma danificada gira em torno de R$ 1.100, incluindo a instalação de novo poste, se necessário.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Mudanças no Transito serão implantadas



Técnicos e empresários discutem sobre mudanças no trânsito

A conversa girou em torno do sistema de sincronização dos semáforos (sinaleiras), sinalização, estacionamento rotativo, lombadas eletrônicas e alterações programadas em algumas vias urbanas, entre elas implantação de binário
Técnicos da Secretaria de Planejamento e Obras e da Diretran, além de profissionais especializados contratados pela Prefeitura, reuniram-se com a diretoria da Associação Empresarial de Lages (ACIL) para discussão sobre mudanças já planejadas no sistema de trânsito, bem como para explanação técnica sobre do projeto do binário a ser implantado em janeiro de 2019, englobando as ruas Frei Gabriel-Caetano Vieira da Costa, e as avenidas Dom Pedro II e Anastácia da Silva Mota.
“Os empresários, no geral, apoiam nossos projetos, entendendo que as mudanças e melhorias planejadas para execução em curto prazo são necessárias e, no seu conjunto, resultarão em benefícios a toda a população lageana. No geral, discutimos sobre o sistema de sincronização dos semáforos (sinaleiras), sinalização, estacionamento rotativo, lombadas eletrônicas e alterações programadas em algumas vias urbanas”, fala o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi.
Especificamente sobre a implantação do binário que compreende as ruas Frei Gabriel e Caetano Vieira da Costa, além das avenidas Dom Pedro II e Anastácia da Silva Mota, o secretário explica: “O binário deveria ter entrado em funcionamento a partir de 10 de novembro deste ano, porém atendendo pedido de lojistas e empresários estabelecidos nas vias urbanas impactadas pelas mudanças no trânsito, adiamos para o mês de janeiro. Eles argumentaram que mudanças ocorridas agora, no final do ano, atrapalharia o movimento do comércio”, disse Bortoluzzi.
Como funcionará o binário
Pela Frei Gabriel, o trânsito fluirá no sentido Centro-Bairro, nas duas pistas, ou seja, por esta rua os veículos irão descer. Pela avenida Anastácio da Silva Mota e a rua Caetano Vieira da Costa o fluxo de trânsito será no sentido Bairro-Centro.
Para essas mudanças uma série de adequações nas vias serão implantadas, como por exemplo: abertura do canteiro central da avenida Dom Pedro II para permitir o acesso à Anastácio da Silva Mota; instalação de semáforo no cruzamento da rua Caetano Vieira da Costa com a avenida Lauro Müller; adequações de espaços nos acostamentos; mudanças no ponto de cruzamento das ruas Frei Gabriel/Frei Justino/Honorato Ramos.
“Inicialmente, essas serão as mudanças principais. Após determinado tempo do efetivo funcionamento deste binário, serão feitas novas mudanças e adequações adicionais necessárias ao bom funcionamento do sistema de trânsito”, anuncia Claiton Bortoluzzi.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Entidades encaminham documento pedindo o fim do processo contra produtores da Coxilha Rica


Entidades encaminham documento pedindo o fim do processo contra produtores da Coxilha Rica



Lages – 10/12/18 - O Sindicato Rural de Lages, em conjunto com outras entidades de classes e forças políticas da região, encaminhou na última sexta-feira (7), ao superintendente do Ibama em Santa Catarina, Jorge Luiz Acioli, um completo documento, que pede, principalmente, que o Ibama encerre e arquive todos os procedimentos abertos com as notificações e suspenda todos os embargos, reconhecendo a juridicidade da situação da indústria de agronegócio de Santa Catarina, quanto ao plantio em campos pastoreados ou modificados. Propõem também, de que se for do interesse dos órgãos ambientais, em modificar a situação jurídica atual, que seja através de um trabalho de política ambiental; com debate público; criação normativa; educação ambiental; divulgação e concessão de prazo para adequação.
O mesmo documento lembra que, caso a ação seja levada adiante com autuação de produtores e impedimento do exercício de suas atividades econômicas, haverá o desencadeamento de gravíssimos efeitos econômicos e jurídicos, como a ruina de inúmeros produtores rurais, porque o valor da multa pode superar o valor das próprias terras e impagável, além da cadeia de endividamentos e quebras dos produtores. A prevalecer o entendimento de que todas as extensões das áreas rurais somente poderão ser utilizadas para pastoreios e contemplação lúdico/turística todo o território do Planalto Catarinense estará praticamente transformado em uma gigantesca área de conservação e sem indenização a quem comprou com o objetivo de produzir.
Portanto, as entidades ressaltam a existência de uma situação de insegurança quanto a sustentabilidade das indústrias do agronegócio, proteína animal, papel e celulose. Segundo o foi explicitado no documento, a questão envolve bilhões de reais em movimentações financeiras na Região Serrana, e em todo o estado. Neste mesmo documento, estão detalhadas todas as obrigações legais impostas a proprietários e produtores rurais quanto ao uso das florestas e campos desde os anos 50 até os tempos atuais, e que, inclusive, incluem todas as providências documentais.
A preocupação das entidades é de que nunca se falou em licenciamento ambiental e autorização de corte de vegetação não florestal, tampouco sobre a necessidade de obtenção de autorização junto à FATMA/IMA para supressão de vegetação que não seja classificada como floresta. Pelo contrário, os produtores foram sempre orientados e cobrados pelo INCRA e pela Receita Federal para comprovarem produtividade de suas áreas, a qualidade de produção e controles sanitários. Jamais, em qualquer desses procedimentos foi exigida a licença ambiental e autorização de supressão de gramíneas. “Isso nunca foi feito porque a legislação estadual, simplesmente não prevê esse tipo de autorização”, ressalta o presidente do Sindicato Rural, Márcio Pamplona.

Natal Felicidade 2018


Natal Felicidade 2018
Magia do Natal toma conta de Lages com a chegada do Papai Noel
O Natal Felicidade traz até o dia 23 de dezembro quase 50 apresentações artísticas e culturais no largo da Catedral, além das atividades do Natal nos Bairros
Olhos atentos. Aquela sensação do que pode acontecer agora, ou o que mais de surpresa vem por aí? Todos prestando atenção em um só local: o palco do Natal Felicidade 2018. Assim foi a noite de abertura da programação artística e cultural na estrutura especialmente montada no largo da Catedral Diocesana. Centenas de pessoas prestigiaram a primeira noite do evento. O coral de crianças, representando por anjos nas janelas das sacadas do prédio histórico da Prefeitura deram o tom de como a noite seria especial.
Quem compareceu no centro observou o brilho e as inovações nos enfeites que foram instalados neste ano. A decoração se destaca na Praça João Ribeiro (Praça da Catedral), onde está o Salão Encantado do Papai Noel. Formado pela Casa do Papai Noel, onde ele recebe crianças e suas famílias. Árvore de Natal dos Pontos Cardeais, ela representa a união de todas as regiões de Lages no espírito de Natal, o Papai Noel gigante e o Presépio que retrata a cena sagrada do nascimento do Menino Jesus. Arcos com seis metros de altura e iluminação diferenciada estão colocados ao longo da rua Nereu Ramos, desde a esquina com a rua Correia Pinto até a rua Frei Rogério, na simbologia de luz e brilho.
A formosa Projeção Mapeada, na fachada da Catedral Diocesana, também abrilhantou a abertura do Natal Felicidade, fascinando o público presente.
Um Sonho de Natal vira realidade em uma apresentação mágica
Se emocionar e cativar o público eram alguns dos objetivos deste espetáculo, os organizadores acertaram em cheio. Um Sonho de Natal, um musical que movimenta em torno 30 pessoas. Composto por coreógrafos, professores e alunos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Fundação Cultural, e dos núcleos do Programa Lages Melhor, que leva aos bairros aulas gratuitas de violão, canto, balé clássico, street dance e manequins e modelos.
“Este ano nossa meta foi valorizar o nosso material humano, os nossos artistas. São apresentações de qualidade, todas voltadas para o tema do Natal. São os talentos locais fazendo a diferença em um grande palco e de visibilidade muito grande”, disse o superintendente da Fundação Cultural de Lages, Gilberto Ronconi. 
“A partir de hoje, até o dia 23 de dezembro, artistas locais em múltiplas facetas de talento no conjunto sobem ao palco do Natal Felicidade. Serão cerca de 50 apresentações que trazem a música e a dança, do clássico ao erudito, do balé ao street dance, do popular ao gospel”, enfatiza o prefeito Antonio Ceron.
A tão esperada hora da chegada do Papai Noel
O Espetáculo Um Sonho de Natal trouxe também uma das atrações mais esperadas da noite. “O Bom Velhinho” chegou em Lages no estilo mais tradicional e conhecido dos costumes locais. Começou sua jornada se aventurando nos campos, montado em um cavalo. Subiu as escadarias do Morro da Cruz. Lá admirou a beleza da cidade. Em seguida, percorreu ruas e avenidas até chegar à área central. Passou por prédios históricos e finalmente subiu com passos curtos e cheio de curiosidade a rua Nereu Ramos até chegar e aparecer surpreendentemente em uma janela da sacada do prédio da prefeitura. Ali o anfitrião, o prefeito Antonio Ceron, entregou para o Papai Noel a “Chave da Cidade”. Uma forma de simbolizar o carinho e admiração de todos os lageanos pelo verdadeiro espírito e sentimento do Natal.  
Carrossel Iluminado a novidade que agrada crianças e encanta os adultos
Uma das novidades deste ano do Natal Felicidade é o Carrossel Iluminado. A estrutura está montada em frente à Casa do Papai Noel, no Salão Encantado – na praça João Ribeiro. Composto pelas Renas do Trenó do Papai Noel, o brinquedo está divertindo a criançada e encantando os adultos. Esta atração estará disponível todos os dias da programação de forma gratuita para as crianças de toda cidade e também ao público infantil de outros municípios.
O Natal Felicidade 2018 é promovido prefeitura de Lages, através da Fundação Cultural de Lages (FCL) e pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, entre outras pastas municipais, e com a parceria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A Havan é a patrocinadora master, além dos patrocínios do Ministério da Cultura/Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), Klabin, GTS do Brasil, Supermercados Myatã e Martendal, Flex Relacionamentos Inteligentes, Idaza e American Oil. Apoio da Polícia Militar.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Governador Moisés anuncia Lucas Esmeraldino para a Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo


Governador Moisés anuncia Lucas Esmeraldino para a Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo

Com 35 anos, Lucas Esmeraldino foi vereador por dois mandatos, é Presidente do PSL/SC, tem formação em odontologia, forte visão empresarial e está se especializando em ortodontia.

O futuro chefe de estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, anunciou na tarde desta sexta-feira (07), via rede social, mais um nome que irá compor o secretariado do seu governo a partir do dia 1º de janeiro de 2019. O líder pesselista estadual, Lucas de Souza Esmeraldino, comandará a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo.

Natural de Tubarão, Lucas Esmeraldino é empresário, cirurgião dentista e participou do primeiro pleito eleitoral em 2012, sendo eleito o vereador mais votado. No ano de 2016, devido um trabalho desenvolvido com integridade, seriedade e transparência, foi escolhido pelos munícipes da Cidade Azul, para ocupar, novamente, uma cadeira no legislativo municipal.

Já em março de 2018, por comungar dos mesmos princípios e ideais do Presidente eleito, Jair Bolsonaro, além de todos os trabalhos desenvolvidos pelo bem da população, Lucas alcançou ascensão política, se tornando o Presidente do PSL-SC, mostrando liderança, ao formar mais de 180 executivas municipais, entre elas, 120 homologadas, em apenas 5 meses.

Nas eleições de outubro de 2018, Esmeraldino ficou entres os três candidatos ao Senado mais votados de Santa Catarina, ao conquistar 1.161.662 votos. Toda esta trajetória, tendo à frente o líder estadual tubaronense, foi decisiva também, para o brilhante desempenho do PSL no último pleito, elegendo governador, seis deputados estaduais e quatro deputados federais.

Para Lucas Esmeraldino, assumir este novo desafio, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, é uma missão muito importante e de grande comprometimento.

“Aceito com muito prazer e satisfação, a convocação do nosso Governador eleito, Carlos Moisés, para assumir uma pasta de tamanha responsabilidade e que é uma grande estimuladora do desenvolvimento econômico de Santa Catarina. Quero dedicar o meu tempo, além do conhecimento, para realizar um ótimo trabalho e fazer, de fato, a diferença na vida das pessoas, nesta nova história da política catarinense, através da realização de políticas públicas e ações voltadas a fomentar e estimular o turismo, tecnologia e inovação, proteção ao meio ambiente, entre outras atividades, com resolutividade e eficácia. Agradeço a confiança”, frisa o novo secretário, enfatizando que um futuro melhor se constrói com novas ideias, políticas inovadoras e muita dedicação.

Dentro da estrutura da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, os órgãos vinculados serão: Aresc, Imetro/SC, Santur, Jucesc, Fapesc e Ima.

Prefeito Ceron vistoria obras de revitalização do Centro e de reforma e ampliação do Mercado Público


Prefeito Ceron vistoria obras de revitalização do Centro e de reforma e ampliação do Mercado Público

Estas importantes obras de infraestrutura estão em pleno andamento e devem mudar o visual da área central de Lages nos próximos anos

O prefeito Antonio Ceron, acompanhado do secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, e representantes da empresa responsável pelas obras de reforma e ampliação do Mercado Público Municipal e de revitalização do Centro, vistoriaram os serviços que estão sendo executados nestes dois canteiros. No Mercado Público está prevista a ampliação de três espaços, junto a uma praça de alimentação com pequeno auditório e palco para apresentações artísticas e culturais, ocupando antiga área de estacionamento, na parte de trás do histórico prédio.
Parte da cobertura está sendo reconstruída e parte dela permanecerá a mesma que já existe, bem como restaurada e reformada a estrutura interna e externa, sem perder as características arquitetônicas originais. Além dos boxes para a realização da feira tradicional de venda de produtos coloniais, serão instalados restaurante, barbearia, lanchonete, peixaria e casa lotérica. “Esta restauração e ampliação seguem toda a ideia original do projeto vencedor do concurso. Nossos técnicos fizeram as adequações necessárias e conseguimos melhorar e aperfeiçoar alguns detalhes”, ressalta o prefeito Antonio Ceron.
Já na revitalização do Centro a empresa tem prazo de 18 meses para concluir os trabalhos que abrangem as ruas Coronel Córdova, Nereu Ramos e Correia Pinto, juntamente aos calçadões centrais (Túlio Fiúza de Carvalho e da Praça João Costa), bem como a Praça João Ribeiro, também conhecida como Praça da Catedral. “Os investimentos são de mais de R$ 13 milhões, viabilizados através de convênio firmado pelo governo do Estado de Santa Catarina e a prefeitura municipal de Lages. Parte deste montante já foi depositada na conta da prefeitura, enquanto que o restante deverá ser liberado posteriormente pelo governo do Estado, lembrando que estas obras já haviam iniciado com a implantação do sistema de cabeamento subterrâneo”, comenta o prefeito.
As obras do Centro estão concentradas na Praça João Costa, a qual está isolada por tapumes, ficando um corredor de passagem de pedestres entre as ruas Nereu Ramos e Coronel Córdova. “A equipe de serviços está em várias frentes de trabalho aqui no Calçadão, mas o destaque neste momento é toda a parte de drenagem deste espaço”, conclui o prefeito Ceron.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Cuidado com a avenida carahá estão sendo redobrados


Cuidados ambientais com a Avenida Carahá são redobrados

“A avenida Belizário Ramos (popular Carahá) é um espaço urbano muito valorizado tanto como via de escoamento do trânsito, quanto no que diz respeito ao Meio Ambiente. Portanto, os serviços de roçadas das encostas são frequentes (a cada 20 dias), assim como as podas das árvores e o plantio de novas espécies nativas”, secretário Euclides Mecabô
As podas das árvores da avenida Belizário Ramos, feitas pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, tem surtido o efeito desejado: estão frondosas e ocupando menos espaço na avenida, melhorando as condições de trafegabilidade no trânsito.
A avenida Carahá é uma via de deslocamento rápido e desta forma, o campo visual para os motoristas deve estar livre. Um dos principais objetivos das podas das árvores ali existentes tem sido este.
O secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Euclides Mecabô (Tchá-Tchá), explica que além da poda regular, foi feito o corte raso de dezenas de árvores. “Foram cortadas aquelas que estavam apodrecendo ou com o enraizamento comprometido, principalmente devido a erosão do terreno da calha do rio Carahá. Outras árvores tiveram galhos podados para conter o crescimento além do ideal, em área de intensa circulação de veículos automotores. Isto por questão de segurança”, fala o secretário.
Segundo Tchá-Tchá, mais de 400 novas mudas de árvores nativas e frutíferas foram plantadas nos últimos dois anos nas encostas do rio, às margens da avenida Carahá. “Ao longo dos 7 quilômetros de extensão da avenida, são mais de 20 espécies de árvores frutíferas já plantadas: ovaia, pitanga, cereja, guabijú, ameixa cambará, araçá, etc”, enumera Tchá-Tchá.
“A avenida Belizário Ramos (popular Carahá) é um espaço urbano muito valorizado tanto como via de escoamento do trânsito, quanto no que diz respeito ao Meio Ambiente. Portanto, os serviços de roçadas das encostas são frequentes (a cada 20 dias), assim como as podas das árvores e o plantio de novas espécies nativas”, conclui.

Papai Noel no Caroba em Lages



Papai Noel deixa o Polo Norte e aterrissa no bairro Caroba, em Lages

Natal nos Bairros dá uma pausa e será retomado na próxima segunda-feira, dia 10, no Guarujá
O protagonista do Natal, presente no imaginário de crianças de idade e espírito, escapou do Oceano Glacial Ártico na noite desta quarta-feira (5 de dezembro) para enfrentar a mudança brusca de temperatura na Serra Catarinense, a estrela do Natal nos Bairros - Anunciação, organizado pela Fundação Cultural de Lages (FCL) e Secretaria de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários. Aterrissou seu trenó em Lages vindo de temperaturas negativas e se deparou com os mais de 25ºC desta primavera. O Sol já tinha ido embora quando a personagem mais querido vovô de todos os continentes acenou para as famílias que o aguardavam ansiosamente em frente à Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Izidoro Marin, bairro Caroba, parte alta da cidade, atraindo, aliás, pessoas do Santa Mônica e do Cidade Alta. As crianças não conseguiram segurar a empolgação, abraçaram, beijaram, fizeram pose para fotos ao lado da árvore gigante decorada e foram presenteadas com balas e pirulitos das mãos de luvas brancas, circulando pela casa improvisada, montada ao lado do palco de atrações e recebendo carinhos sem fim. E claro que música não faltou. A divertida Banda do Papai Noel se encarregou de embalar o público com um repertório natalino de roupagem moderna e dançante.
Mais cedo, no comando do locutor Souza Filho, a criançada, mães e pais puderam aproveitar as apresentações de 13 integrantes do projeto Dançar Passarela, com interpretações de músicas natalinas e do estilo gospel. As canções da playlist são Vem Chegando o Natal, Natal Todo Dia, Era uma Vez, Marcas do que se Foi, Quero Ver - Bom Natal, Não Aprendi Dizer Adeus e Ressuscita-me. No total, o Dançar Passarela é formado por 30 crianças e adolescentes dos bairros da região Sul da cidade: Centenário, São Luiz, Santo Antônio, Morro Grande e Santa Catarina, sob a direção de Eberson Sauceda (Giraia) e coreografias de Suellen de Moraes. “Nós apresentamos o teatro dançante. Divulgar nosso trabalho com estas crianças que tanto precisam do nosso apoio é maravilhoso”, desabafa Suellen de Moraes. O Dançar Passarela subirá ao palco do Natal Felicidade, no Largo da Catedral Diocesana, por três vezes.
Nos intervalos, Souza Filho deu espaço às vontades dos pequeninos, que subiram ao palco e se esbaldaram, cantando e chamando o Papai Noel em voz alta. Em seguida, a Fanfarra da Escola Izidoro Marin. O regente, professor Gediel Kaleb Branco Gonçalves, cuida da garotada como se fossem seus filhos, com a dedicação, disciplina e respeito que os acordes merecem.
Caracterizados com gorros de Papai Noel, os 14 instrumentistas de lira, caixa, quadritom, meia-lua, surdo, bumbo e pratos, levaram à plateia os sons de famosas canções desta época: O Natal Existe, Noite Feliz e Anoiteceu. “Ao todo nós somos em 30 componentes da Fanfarra, de 11 a 14 anos. As atividades foram retomadas em maio deste ano depois de dois anos paradas. O Natal nos Bairros é uma vitrine para mostramos o trabalho extracurricular realizado. É uma forma de retirar estas crianças das ruas e da ociosidade, trazendo para dentro da escola, onde passam mais tempo”, contabiliza o regente, que coordena, também, as Fanfarras das Emebs Santa Helena, no bairro de mesmo nome, esta com 40 pessoas, incluindo corpo coreográfico, e Fausta Rath, no Vila Mariza, com 30.
O Natal nos Bairros ajuda na renda das famílias que utilizam a diversão alheia para encorpar o pé de meia de final de ano. Comerciantes vendiam doces, como churros, chocolates, balas, chicletes, além de pipoca, e brinquedinhos. A Diretoria de Trânsito (Diretran) monitorou os locais sinalizados para que não houvesse interferência no evento e para os motoristas, e a Polícia Militar (PM) esteve atenta à segurança pública. “Este é um projeto implantado em 2017. Evidentemente que, com a experiência do ano passado, esta edição está bem melhor. O que nos deixa mais felizes são as crianças contentes. Eu sou avô e já tive filhos pequenos, sei como é boa esta sensação. É o momento delas. Uma das obrigações da prefeitura é dar chance de isonomia de oportunidades”, salienta o prefeito Antonio Ceron, convidando os lageanos para a abertura oficial do Natal Felicidade, sexta (7 de dezembro), às 21h. “O Natal é hora de as pessoas mostrarem o seu lado bom, de solidariedade e altruísmo. Venham participar desta agenda fascinante.”
Valorização e reconhecimento dos feitos da juventude mudam vidas, segundo o chefe do executivo. “Na sexta e sábado passados, mais de 500 crianças do programa Lages Melhor, da Escola de Artes da Fundação Cultural apresentaram seus talentos no Teatro Marajoara, grande parte nunca tinha sequer entrado no Teatro Municipal. Foram as estrelas da noite. Vimos a alegria das mães vendo suas filhas maquiadas e de sapatilhas no palco, as suas bailarinas. A alegria dos pais gratifica a gente.” O vice-prefeito, Juliano Polese, também esteve no Caroba. “Este contato de perto é fundamental para que a gente sinta a energia daqueles para quem este Natal é preparado com tanto carinho.” O Natal nos Bairros já passou pelo Habitação, Penha e Caroba, e voltará na segunda-feira (10), no bairro Guarujá, no campo de futebol, em frente à Associação de Moradores. Ao final, terá sido realizado em nove regiões de Lages.
Pra lá e pra cá, é só festa!
Uma das famílias à beira da calçada assistindo ao evento é a da dona de casa Meri de Almeida. Ela e os filhos, Cauê, 11 anos, a pequena Marjorie, de um ano, e Talita, de seis, além da amiguinha Rafaela, 7, saíram de casa, na rua da Castanha, para prestigiar tudo de bom que o Natal nos Bairros dispõe. “Eles vieram para brincar e ganhar doces”, resume a mãe, que é casada com um servente de pedreiro, por enquanto desempregado.
Já Ana Lúcia de Liz levou os filhos Emerson, 11 anos, e Ana Luiza, de quatro anos, para assistir os shows. A família reside no Caroba. “É legal e serve para a gente mesma se distrair um pouco depois de um dia inteiro de trabalho em casa, correria cuidando das coisas e das crianças. Ano passado eu vim. E neste não perdi”, explica, dizendo que o esposo é mototaxista e trabalha até meia-noite. Porém, a família poderá acompanhar a programação do Natal Felicidade, de 7 a 23 de dezembro, no Largo da Catedral.  
Andria Mara dos Santos tinha brilho nos olhos e sorriso largo no rosto. Com o filho Pedro Henrique de dois anos no colo, e Arthur, de sete, bem pertinho, no chão, ela comemorou as atrações levadas para dentro da sua comunidade. Ela mora no Santa Mônica. Seu esposo é motorista, mas ainda não tinha chegado a tempo de ver os espetáculos iniciais. “Quando a prefeitura traz as atrações para cá é bem joia, pois a gente então não precisa depender de ônibus para ficar saindo com as crianças. O que mais gosto do Natal? É ver a alegria das minhas crianças.” Questionado sobre o que gostaria de ganhar de presente este ano, Arthur não pensou duas vezes: “Um celular”, disse, tímido.
Roteiro:
10/12, segunda-feira - Bairro Guarujá - Campo de futebol em frente à Associação de Moradores
11/12 - terça-feira - Bairro Santa Catarina - Caic Nossa Senhora dos Prazeres
12/12 - quarta-feira - Bairro Conta Dinheiro - Batalhão Ferroviário, Escola Maria Quitéria
17/12 - segunda-feira - Bairro Petrópolis, Associação de Moradores
18/12 - terça-feira - Santa Helena, Associação de Moradores
19/12 - Sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)

Fim do Ministério do Trabalho satisfaz quem financiou campanha de Bolsonaro, diz Dresch


Fim do Ministério do Trabalho satisfaz quem financiou campanha de Bolsonaro, diz Dresch 
O deputado estadual, Dirceu Dresch registrou hoje (02), com pesar, a morte aos 88 anos do Ministério do Trabalho, justamente num momento em que 27 milhões de pessoas estão desempregadas ou subocupadas no Brasil. “É irônico que o maior problema do Brasil hoje seja o desemprego e o governo eleito queira aniquilar o ministério responsável pela política de geração de emprego e renda.
Criado por Getúlio Vargas deixa de existir como órgão autônomo e independente para defender o trabalhador brasileiro, como está previsto na Constituição. “Querem satisfazer o desejo perverso de  quem financiou a campanha eleitoral do presidente eleito. Esse pessoal que tentou colocar cabresto nos funcionários obrigando-os a votarem conforme seus interesses. Grandes latifundiários que estão na lista do trabalho escravo”, elencou.
Para Dresch, a extinção do ministério é pura retaliação. “Fica evidente que estão usando de uma situação, de um discurso fajuto para aniquilar o ministério por motivos ideológicos.” Para ele, o órgão precisa ser preservado e melhorado para garantir os direitos e políticas de geração de emprego e renda. “Ser peça chave para o desenvolvimento com inclusão social do Brasil, com fez o presidente Lula.” Dresch acrescenta que o Brasil tem compromisso internacional com a fiscalização do trabalho e que a medida terá impacto no comércio exterior com países e empresas que exigem mecanismos de proteção social e da economia solidária.
Para o deputado, no processo de esquartejamento do Ministério do Trabalho o presidente eleito quer repassar a área responsável pela emissão de registros sindicais para o Ministério da Justiça. “Vai subordinar atividades sindicais à jurisdição policial. É mais um passo na criminalização dos movimentos sociais e na liberdade de organização dos trabalhadores”, lamentou.
Outro absurdo citado por Dresch, é que os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), dinheiro do trabalhador para ações de fomento ao emprego, que hoje soma mais de R$ 1 trilhão, irão parar na mão do Ministério da Economia. “Vão meter a mão no dinheiro do trabalhador para dar ao mercado financeiro, para os banqueiros e especuladores”, denunciou.