sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Câmara sugere instituição de ponto eletrônico aos servidores comissionados da Prefeitura


Com o propósito de oferecer controle e transparência nas atividades dos funcionários que ocupam cargos em comissão da Prefeitura, a Câmara de Lages aprovou a moção legislativa 186/2017 que visa a instituição de ponto eletrônico para o registro dos horários de entrada e saída de tais servidores. A proposta do vereador Bruno Hartmann (PSDB) também foi assinada pelos edis Amarildo Farias (PT), Ivanildo Pereira (PR), Jair Junior (PSD), Jean Pierre (PSD), Lucas Neves (PP), Osni Freitas (PDT) e Thiago Oliveira (PMDB).
Para o autor da matéria, a medida vai evitar que os funcionários comissionados eventualmente faltem ao serviço ou permaneçam por menos tempo no ambiente de trabalho. “Esta proposta só vai se incomodar quem está lá e não quer cumprir horário, porque quem quer cumprir não vai se incomodar de bater o ponto quando entra e quando sai do expediente”, ressaltou Bruno na discussão em plenário.
O vereador ainda lembra que os cargos concursados e contratados já utilizam do ponto eletrônico para registro da jornada de trabalho. “A exemplo do que ocorre na Câmara de Vereadores deste município, teremos maior transparência dos serviços prestados pelos servidores que ocupam cargos de confiança e em comissão”. A moção excetua desta obrigação os secretários e diretores, por entender que estes possuem sobrecarga de atividades, ultrapassando a carga horária normal de trabalho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário