terça-feira, 1 de setembro de 2015

Sócios e diretoria se reúnem para debater novas ideias para o Inter

O Internacional de Lages deu início a um trabalho para ampliar a participação dos sócios na decisão dos destinos do clube. A primeira reunião com esse objetivo foi realizada na última quinta-feira entre um grupo de cerca de 20 sócios e o presidente do Inter, Cristopher Nunes.
O encontro, sugerido pelos próprios sócios, foi realizado no Ginásio Jones Minosso e serviu para que o grupo tirasse dúvidas e apresentasse críticas e sugestões para o presidente. Outros encontros do gênero estão nos planos, e aos poucos, serão realizados regularmente.
Entre os vários temas trazidos pelos sócios estavam dúvidas sobre o andamento do projeto do centro de treinamento e a política de preços de ingressos. Sobre o CT, o clube tem dois anos para dar início às obras, a contar da data de emissão da escritura do terreno. Para os ingressos, o clube já decidiu manter permanentemente o setor popular, com ingressos mais baratos e voltado a torcedores que ainda não se associaram ao clube.
O setor popular foi bem aceito no jogo deste domingo, contra o Red Bull, mas não teve lotação esgotada. Da carga de ingressos para esse setor colocada à venda para a partida, foram comercializados cerca de 60%. Embora o clube já tenha decidido pela permanência do setor popular em todos os jogos, a manutenção desse setor só será confirmada depois dos ajustes da nova área para a torcida visitante (uma obrigação estabelecida pelo Estatuto do Torcedor). A área de visitantes deve retornar para o lado esquerdo do chamado pavilhão velho, que, no passado, tradicionalmente recebia os torcedores adversários.
"Quem compareceu achou a reunião muito proveitosa", disse o torcedor Fernando Madeira, sócio do Inter e um dos que tiveram a inciativa de organizar o encontro. "O pessoal mudou o conceito que tinha sobre o presidente Cristopher e pôde ouvir mais detalhes sobre as dificuldades enfrentadas pelo clube."
Os planos do Inter passam necessariamente pelo fortalecimento do plano de sócios, estratégia que tem sido fundamental para o crescimento de clubes de todos os portes no mundo todo. Na última semana, por exemplo, o Inter lançou o Clube do Leão Baio, rede de vantagens e descontos para sócios colorados com as mensalidades em dia. Mas outros benefícios ainda serão criados. Para 2016, o Inter planeja criar mais modalidades de sócios, mas há novidades a serem apresentadas ainda neste ano.
Em paralelo, o clube quer fazer com que os sócios participem sempre de decisões importantes, como preços de ingressos para quem não é sócio e horários de jogos, entre outras. "O sócio vai estar cada vez mais no dia a dia do Inter. É isso que queremos, e é isso que vai fazer o clube se fortalecer", diz o presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário