quarta-feira, 14 de junho de 2017

Deputado Nilson Berlanda cria comissão de Indústria, Comércio e Serviços


Brasão SC.jpgAssembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina
Gabinete do Deputado Nilso Berlanda – PR                          003/2017

Deputado Berlanda apresenta no Cofem projeto que cria Comissão de Indústria, Comércio e Serviços

Federações encaminharão moção de apoio ao Projeto à ALESC


A convite do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina – COFEM, o deputado Nilso Berlanda (PR), esteve, nessa segunda-feira (12/06), na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – FIESC, para apresentar o Projeto de Resolução de sua autoria, que cria a Comissão Permanente de Indústria, Comércio e Serviços na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina – ALESC. O PRS 0005.6/2017 reconhece e cria um espaço no legislativo catarinense para esses importantes setores da economia.
O COFEM é integrado pelas federações empresariais da indústria (FIESC), comércio (FECOMÉRCIO), Agricultura (FAESC), Transportes (Fetrancesc), das Associações Empresariais (FACISC), das CDLs (FCDL) e das micro e pequenas empresas (Fampesc). Na oportunidade, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – FIESC, Glauco José Côrte, propôs uma moção de apoio ao Projeto do deputado Berlanda, que prontamente foi aprovada pelos demais presidentes das federações que integram o COFEM. O documento será encaminhado à ALESC.
Para o deputado Berlanda, sua história como varejista o credencia a defender no parlamento catarinense as demandas do setor. “A indústria, o comércio e os serviços, desde a instituição da Assembleia, em 1834, nunca tiveram um espaço permanente na Casa. Nosso projeto reconhece, com a criação da Comissão, a importância desses setores que são responsáveis por 93% do PIB catarinense e geram mais de 2,2 milhões de empregos”, explica o deputado. Berlanda aproveitou ainda, para pedir aos presidentes das federações presentes o apoio para garantir a aprovação da proposta na ALESC.

A proposta, que altera o Regimento Interno da Assembleia Legislativa e acrescenta dispositivos para criar a Comissão de Indústria, Comércio e Serviços, está na Comissão de Constituição e Justiça e, se aprovada, segue para votação em plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário