sexta-feira, 24 de março de 2017

Maldaner acompanha Colombo em audiência no Ministério da Agricultura sobre operação “Carne Fraca”


De olho nos reflexos da operação Carne Fraca no mercado, principalmente do oeste catarinense, berço das agroindústrias, o deputado Celso Maldaner (PMDB) acompanhou o governador Raimundo Colombo, o Secretário de Agricultura – Moacir Sopelsa e o deputado estadual Gelson Merísio, em audiência com o Ministro Blairo Maggi no Ministério da Agricultura nesta quarta-feira em Brasília. Os líderes buscam práticas que amenizem os efeitos do estrago provocado no mercado.

Maldaner explica que é preciso trabalhar intensamente para que as restrições fiquem às 21 unidades investigadas, e não a todo o setor. “Das mais de 600 unidades de produção de carne suína e de frango em Santa Catarina, apenas uma, que fica em Jaraguá do Sul e tem sede no Paraná  está sendo investigada. Esses dados ajudam a confirmar a qualidade da carne catarinense, preparada com rigorosos critérios sanitários e exportada para mais de 120 países. Não podemos permitir que este fato isolado ocasione grandes prejuízos, tão menos aos nossos produtores, que seguram a economia e permitem que o alimento chegue a nossa mesa. A carne de Santa Catarina tem qualidade e é forte”, destacou o deputado.

“Temos absoluta segurança, com aval dos nossos técnicos, da qualidade do produto catarinense. Nosso modelo é responsável, confiável e seguro. A ação agora é esclarecer tudo, com transparência, e manter contato constante com os mercados internacionais que compram nossos produtos, fornecendo qualquer informação complementar desejada. Os fatos estão superando as versões e as pessoas estão começando a ver a realidade do mercado”, explicou o governador.

O ministro se colocou a disposição para auxiliar no que for preciso e intermediar conversas com outros países na defesa pela carne brasileira.


Raquely Benedet Cella
Assessora Parlamentar
Gabinete Dep. Federal Celso Maldaner
Av. Nereu Ramos, 75-D Edf. CPC Sls 305-307/B
89801-020 / Centro / Chapecó/SC
(49) 3329-1560 / (49) 9142-9310


Nenhum comentário:

Postar um comentário