quinta-feira, 4 de maio de 2017

Secretária recebe presidente da Associação de Moradores do Centenário em reunião para esclarecimentos

As portas da Secretaria estão sempre abertas.” - Marli Nacif    

Idealizada especialmente para alocar, ramificar e direcionar reivindicações técnicas e sociais dos 70 bairros, loteamentos e localidades rurais, em resposta às necessidades dos cerca de 160 mil habitantes do município, a Secretaria de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários busca seguir à risca os preceitos sob os quais foi criada e desenvolve, diária e incessantemente, a integração direta com os representantes do povo, no caso, as associações de moradores.
Na tarde desta quarta-feira (3), a secretária da Pasta, Marli Nacif, recebeu o presidente da Associação do bairro Centenário, Lucas Branco, além do presidente da União, Antonio Carlos Costa (Tita), com participação, ainda, do assessor técnico da Secretaria, Luiz Amorim, com a finalidade de serem esclarecidos alguns pontos relacionados à interação entre a Secretaria específica e os presidentes de associações. Um equívoco de comunicação entre o vice-presidente do Centenário e a Secretaria de Assuntos Comunitários ensejou este encontro na tarde desta quarta.
Desde o início deste ano foram programadas e realizadas quatro grandes reuniões pela cidade, promovidas pela referida secretaria municipal, levando em conta suas microrregiões, quando foram ouvidas as principais demandas de cada local, abrangendo diversos bairros. Este ciclo de encontros foi concluído recentemente e, geograficamente, Lages inteira foi contemplada.

Portas abertas

Infelizmente, na data marcada envolvendo o bairro Centenário, nenhum representante da Associação se fez presente. Contudo, um ofício foi enviado solicitando uma posterior assembleia geral no bairro. Porém, o tratado com a União das Associações era a realização de grandes reuniões concentradas regionalmente. “Atender exclusivamente um só local não seria justo, correto e honesto com os demais presidentes, haja vista que houve a oportunidade através do encontro geral. Sem dúvida alguma e em momento algum a comunidade seria prejudicada ou desassistida, pois todas as regiões são formadas por gente trabalhadora e batalhadora, que lida com dificuldade e que tem de ser atendida pelo Poder Público”, reitera a secretária Marli Nacif, enfatizando que pede paciência e compreensão à população, já que as prefeituras amargam situações financeiras delicadas, e os pedidos são sanados na medida do possível. “Todo o secretariado está fazendo o maior esforço para colocar os bairros em dia e as pessoas viverem melhor. É uma determinação do prefeito Antonio Ceron, pois não há nada mais triste do que, além de o cidadão não ter um emprego que o sustente e lhe dê condições de vida, ainda tem de se deparar com a moradia em um local desabrigado de muitas coisas. Tem de haver este suporte na área de saúde, infraestrutura, social”, complementa.
As reuniões realizadas nos bairros são classificadas como excelentes pela secretária, pois cada um teve voz e vez para explanar as reivindicações de sua comunidade. A taxa de ausência foi minúscula, sendo que posteriormente os requerimentos foram enviados por ofício e devidamente remetidos a cada secretaria competente, através da de Assuntos Comunitários. “As portas da Secretaria estão sempre abertas”, resume Marli Nacif.       
                       
Os resultados

Na reunião desta quarta foi acertado que a partir de agora o presidente da Associação de Moradores irá assinar os documentos solicitantes de melhorias no bairro Centenário, uma vez que até então as 70 correspondências recebidas em 30 dias, arquivadas na Secretaria de Assuntos Comunitários, estão assinadas somente pelo vice e em virtude de que o presidente Lucas Branco diz não estar ciente dos documentos, que foram um a um encaminhados/respondidos pelo Poder Público. Para que algum outro dos 12 membros da Associação assine um ofício é preciso haver consenso e aval do presidente.
O presidente da União, Antonio Carlos Costa (Tita), interveio no assunto por ser um representante de todos os presidentes de associações. “Nosso objetivo é que os presidentes sejam bem atendidos e há uma parceria com a prefeitura. Compreendemos que não dá para exigir que se faça em quatro meses o que não se realizou em dez ou doze anos. As reuniões foram bem proveitosas, segundo os presidentes. Quanto ao impasse, qualquer cidadão pode protocolar um ofício ao órgão público, mas o presidente é o líder de sua diretoria, representante da Associação. Esse entendimento deve estar bem claro.”

Presidente do bairro Centenário

O presidente do Centenário, Lucas Branco, lamenta o impasse gerado, em que se incluiu o nome da Associação, e diz que a Secretaria em episódio algum virou as costas para o bairro que representa. “Eu não posso tomar decisões pelas pessoas. Cada um é responsável pelos próprios atos. Peço desculpas em nome da Associação. Nós compreendemos a crise nacional existente e a situação em que se encontrava a Prefeitura logo no início de 2017. Teremos tolerância em relação às nossas demandas.”
Sobre pavimentação, Lucas lembra que, “as ruas Dom Joaquim do Arco Verde e Fredolino Varela serão asfaltadas e repassarei um pedido para a retirada dos atuais paralelepípedos e sua recolocação na rua Francisco Alves, em trechos de 50 a 100 metros, para os moradores poderem executar um tipo de projeto colmeia, colaborando com o trabalho.” 


Os campões em queixas

A cidade, quase que totalmente, acumula demandas bem parecidas entre si, como pavimentação (asfalto ou calçamento), roçadas, limpeza e desobstrução de bueiros e córregos, limpeza de lixo, vagas na educação infantil (filas a serem zeradas no final deste ano), saneamento básico, água, questões de trânsito e falta pontual de médicos. Este, um problema a ser solucionado, pois a Secretaria Municipal de Saúde providenciou o chamamento de profissionais realmente interessados nas vagas. Outros pedidos, referentes a outras esferas, como os pertinentes a transporte coletivo e energia elétrica, também são encaminhados pela Secretaria. Uma força-tarefa está sendo desenhada para ser desenvolvida nos bairros. A princípio funcionará em um sábado, quando todas as secretarias prestarão seus serviços de praxe, e durante a semana haverá os atendimentos pontuais, por exemplo, Planejamento e Obras, e Serviços Públicos e Meio Ambiente.

Relatório será conhecido pelo colegiado

Na manhã desta quinta-feira (4), às 8h, o prefeito Antonio Ceron irá liderar uma nova reunião de colegiado. Um relatório com a compilação dos pedidos originados em cada uma das quatro reuniões será apresentado pela Secretaria de Assuntos Comunitários. A partir daí caberá a cada secretaria designada se organizar para atender aos acionamentos. “Muitas melhorias já foram feitas, conforme a gama de solicitações oficializadas nos encontros. A região do bairro Centenário é uma das mais antigas de Lages, e é especial como as demais”, conclui Marli Nacif, sublinhando que as necessidades serão divididas em etapas: Curto, médio e longo prazo. As reuniões nos bairros serão retomadas em agosto, quando será medido o nível de satisfação, além de colhidas novas demandas e averiguado o andamento das requisições. 

Fotos: Greik Pacheco
 



Outras informações acesse o site: 

http://www.lages.sc.gov.br Prefeitura de Lages 

Secretaria de Comunicação Social Telefone: (49) 3221-1010
*Se não deseja mais receber esses 

Nenhum comentário:

Postar um comentário