quarta-feira, 10 de maio de 2017

Super Drone sobrevoa a Serra


HOJE: SUPER DRONE SOBREVOA A SERRA PARA PESQUISA ARQUEOLÓGICA


Hoje, a partir das 14h, o Super Drone utilizado na pesquisa “Paisagens –Jê do Sul” fará o último voo na Serra Catarinense para concluir as medições, e tudo poderá ser acompanhado pela imprensa. A decolagem será na fazenda da Vinícola Abreu Garcia, em Campo Belo do Sul. Estarão presentes para a entrevista o arqueólogo Sidney Wolf, o geógrafo Thiago Batista dos Santos e o piloto Claudiney de Sousa. O voo faz parte de uma pesquisa arqueológica que está sendo desenvolvida em Santa Catarina, para descobrir como era essa região no passado.
O equipamento tem quase quatro metros de asa e conta com um aparelho com sensor muito potente. Essa é a segunda vez que o equipamento será usado no Brasil. Com ele, os pesquisadores pretendem descobrir a verdadeira história e compreender como viviam os povos antes mesmo de Colombo chegar ao Brasil. Ousadia? Não é o que eles pensam! Há pouco mais de uma semana em solo catarinense, já descobriram que nossas terras eram habitadas há mais de 1500 anos.
A pesquisa, que começou a ser desenvolvida na serra catarinense e deve chegar a outros municípios, seguindo até o estado vizinho, Rio Grande do Sul e divisa com Argentina, faz parte de um projeto maior, chamado “Paisagens-Jê do Sul”, financiado pelo Conselho de Investigação das Humanidades do Reino Unido (AHRC) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e coordenado pelos professores de Arqueologia da Universidade de Exeter (Inglaterra), o uruguaio José Iriarte, e pelo brasileiro Paulo DeBlasis, da Universidade de São Paulo. Informações completas sobre a pesquisa estão disponíveis no site jelandscapes.exeter.ac.uk.
A pesquisa vem comprovando a existência de povos na região desde os anos 400 dC. Os vestígios dessa cultura estão sendo encontrados desde a divisa de São Paulo, passando por Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, principalmente nas regiões de planalto.

Em Santa Catarina, a região da serra está sendo pesquisada por ser uma área rica para a arqueologia. De acordo com os pesquisadores, já foram localizados 55 sítios arqueológicos e cerca de 30 deles escavados, o que permitiu descobrir sítios que vão do Século V até o Século  XVII, com informações arqueológicas muito preservadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário