terça-feira, 30 de abril de 2019

Lancha que levava Caroline Bittencourt é periciada


Embarcação, encontrada após naufrágio perto de praia em Caraguá, foi levada para Marina em São Sebastião. Dois peritos conduziram a vistoria, que durou 1h30.


Caroline Bittencourt e o marido Jorge Sestini, em foto de novembro de 2017 — Foto: Denise Andrade/Estadão Conteúdo/ArquivoFoto: Denise Andrade/Estadão Conteúdo/Arquivo


A lancha que levava a modelo Caroline Bittencourt, que morreu após cair no mar durante um vendaval em Ilhabela (SP), foi submetida à perícia na manhã desta terça-feira (30). As informações obtidas no local vão compor o inquérito instaurado pela Marinha para apurar o acidente. Não há prazo para conclusão da investigação.

O trabalho durou 1h30 e foi conduzido por dois peritos, acompanhados de três militares. O acesso da imprensa não foi autorizado. No local foram feitas fotos, análise documental da embarcação e observadas características da lancha, para saber se havia algo quebrado ou solto.

A lancha, um catamarã, está atracada na marina Le Mar, no Pontal da Cruz, às margens da rodovia Rio-Santos, em São Sebastião. Ela foi rebocada da praia de Massaguaçu, em Caraguatatuba, onde foi encontrada na segunda-feira (29) naufragada.

A embarcação afundou depois que Caroline caiu no mar e o marido, o empresário Jorge Sestini, pulou na água para tentar fazer o salvamento. Com isso, a lancha ficou à deriva.

Segundo a Marinha, nenhum detalhe da vistoria desta terça pode ser informado para "proteção do inquérito". O comandante Wagner Goulart, responsável pelo inquérito na Capitania dos Portos de São Sebastião, disse apenas que, preliminarmente, nenhuma irregularidade foi encontrada. "O condutor é habilitado e os documentos estão em dia. Nosso trabalho de investigação é restrito à movimentação da embarcação no mar", disse

O capitão disse ainda que o marido de Caroline, e testemunha do acidente, vai ser chamado a depor. Não foi informado prazo para que isso ocorra. "Ele vai ser chamado, vamos ouvi-lo, em momento oportuno. Agora é um momento de dor à família, então essa oitiva vai ser depois", afirmou.

Caroline é velada em Embu das Artes (SP) em uma cerimônia restrita a amigos e familiares




Fonte: g1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário